Vida Urbana

13º deve injetar R$ 2,259 bi na economia da Paraíba

Informação foi divulgada nesta quinta-feira (27) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos.



Até o final de 2016, cerca de R$ 2,259 bilhões serão injetados na economia paraibana com o pagamento dos trabalhadores, aposentados e pensionistas. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (27) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Segundo o departamento, a Paraíba deve contribuir com 1,15% do total que vai ser injetado em todo o Brasil e 7,25% de toda a região Nordeste. Ainda conforme o Dieese, o valor representa em torno de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual.

Serão 1,393 milhão de paraibanos beneficiados com o pagamento, correspondendo a 1,66% do total que terá acesso ao benefício no Brasil. Em relação à região Nordeste, o percentual é de 7,66% das pessoas.

O estudo mostrou que os empregados do mercado formal, celetistas ou estatutários, representam 48,7%, enquanto pensionistas e aposentados do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) equivalem a 51,3%. O emprego doméstico com carteira assinada participa com 1,4%.

Já em relação aos valores que cada segmento receberá, percebe-se que os empregados formalizados ficam com 60,7%, recebendo R$ 1,372 bilhão. Os beneficiários do INSS vão ficar com 31,2% do total, que equivale a cerca de R$ 705,158 milhões. Já os aposentados e pensionistas do estado do Regime Próprio ficarão com 6,6%, que representa cerca de R$ 148,981 milhões.