Vida Urbana

Professores da UFPB paralisam atividades por um dia e lançam apoio à greve geral

Paralisação ocorrerá na próxima segunda-feira em protesto contra a votação, em segundo turno, da PEC 241.



Os professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) aprovaram, em assembleia realizada nesta quinta-feira (20), uma paralisação das atividades na próxima segunda (24). De acordo com o Sindicato dos Professores da instituição (Aduf-PB), a suspensão das atividades segue uma tendência de diversos sindicatos do país em protesto à PEC 241.
 
Os docentes aprovaram, ainda, apoio a uma greve geral que está sendo construída por sindicatos em todo o Brasil. Conforme a Aduf, a decisão não significa que a categoria entrou em greve. A possibilidade de greve geral, atualmente discutida pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), é motivada por medidas apoiadas pelo governo Michel Temer, como a PEC 241, a MP do Ensino Médio e a reforma da Previdência.
 
Uma próxima assembleia foi marcada para depois do dia 11 de novembro, quando haverá o Dia Nacional de Greve convocado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT). A assessoria da AdufPB informou, entretanto, que a categoria ainda irá decidir se participa ou não da mobilização do dia 11.