Vida Urbana

Samsung anuncia o fim da fabricação de celular que explodia

Anúncio foi feito na manhã desta terça (11) por meio de nota da coreana.



A Samsung desistiu de vez de fabricar o Galaxy Note 7. Anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (11) por meio de nota distribuída à imprensa. Após duas campanhas de recall devido a uma falha que superaquece os aparelhos - e até chegando a causar explosões, a empresa coreana decidiu não colocar o modelo de volta no mercado. “Podemos confirmar (…) que a Samsung descontinuou permanentemente a produção do Galaxy Note7”, afirma a companhia em nota distribuída pela imprensa estrangeira.

O Note 7 deveria fazer frente ao iPhone 7 e outros tops de linha na temporada de vendas de fim de ano, que começará em breve com a Black Friday - que acontece na última sexta-feira de novembro -, mas logo após o início das vendas começaram os relatos de que o modelo superaquece a ponto de causar pequenas explosões.

A Samsung diz que vai “continuar trabalhando diligentemente” para resolver a situação, mas ainda não deu nenhum prazo ou expectativa para quando o Note 7 poderá ser considerado novamente um smartphone seguro.