Vida Urbana

Natal de reflexão e fraternidade

Representantes religiosos comentam a data e reafirmaram o espírito natalino, expondo seus votos e ideais para o ano de 2013.




O Natal é a época para reunir os entes queridos, refletir sobre o ano que passou e projetar os pensamentos positivos para a nova fase que está por chegar. É nesta data que podemos traçar as metas e desejos para a vida que se aproxima. Para reafirmar o espírito natalino, representantes religiosos comentam a data, expondo seus votos e ideais para 2013. (Especial para o JP)


Pastor Sérgio Queiroz
– Igreja Cidade Viva

Deus se fez carne e habitou entre nós, tornando esse fato uma das mais belas verdades sobre o Natal, isto é, a total humanidade de Jesus Cristo, realidade que permite a sua identificação com as nossas dores, aflições, limitações e tristezas. Além disso, o Natal liga-se ao calvário de maneira inquestionável, pois a redenção dos homens não poderia ocorrer sem que Jesus sofresse por amor a eles, até o ponto de entregar a sua própria vida. Por fim, o nascimento do menino Jesus não teria sentido se aquele que morreu pelos homens não passasse de um mártir. Logo, para que a divindade de Cristo fosse confirmada de uma vez por todas, o Deus Todo Poderoso o ressuscitou dos mortos e o fez assentar à sua direita. A ética do Sermão da Montanha, a morte na cruz, o túmulo vazio e o futuro retorno do nosso Senhor são verdades inabaláveis do cristianismo. Não obstante, elas só existem porque Ele um dia nasceu. Que neste Natal o Senhor Jesus encontre lugar em nossos corações!

 

Marco Lima – Presidente da Federação Espírita da Paraíba

O Natal de Jesus é um poema divino, oferecido aos homens de boa vontade e de coração puro às sublimes inspirações. Ele nasce continuamente como nascem os rios das fontes e brilha como sol por detrás dos montes, espargindo esperanças sobre as terras ressequidas da nossas ilusões. O Mestre nasceu e nos foi oferecido pela vontade serena de Deus, transforma tristezas em alegrias e as dores, lágrimas e sofrimentos, em alicerces da vida superior, mais enriquecida de sentido existencial. O Natal do Mestre, portanto, é um convite permanente a todos nós, que estamos sedentos de preencher de luzes e sabedoria a árvore da nossa existência e compartilhar com aqueles que anseiam por luz, é um convite ao banquete da solidariedade e da caridade cristã. Então, ofereçamos ao Mestre, que nasceu como um sorriso na face da vida, o mais belo dos presentes, o amor incondicional. Que vejamos Jesus em todos os nossos convidados na festa do seu Natalício.


Mãe Penha de Iemanjá – Presidente da Federação dos Cultos Afro-brasileiros

Nós da Federação dos Cultos Afro-brasileiros da Paraíba desejamos a todos e todas um feliz Natal e um 2013 repleto de paz, fraternidade e prosperidade. Que os guias de Luz e os Orixás tragam bênçãos e energias positivas, além de sabedoria e discernimento. Que o ano vindouro, governado por Iemanjá, traga muita paz e boas ondas de prosperidade. Que Deus abençoe aos governantes e que Iemanjá resplenda sua Luz sobre toda imprensa falada e escrita. Que possamos continuar todos unidos em torno das nossas causas.

Dom Manoel Pedreira da Cruz – Bispo de CG

O Natal é de todos nós, cristãos, época que acolhemos alegremente o Filho de Deus. Essa acolhida significa o nosso reconhecimento de que Jesus é nosso Senhor e Salvador, representando uma abertura para a nova vida. Todos os anos, temos este momento de reflexão e a oportunidade de conversão para uma vida verdadeiramente cristã.
Que neste Natal saibamos acolher em nossas casas, em nossas vidas, o Deus presente, vivo e verdadeiro. Diante de uma inocente criança, possamos nos colocar a fim de vivenciarmos a companhia do Senhor.
Que Deus nos mostre a luz da alegria, para que nosso coração possa enxergar a sua plena revelação. Que o Natal de Jesus nos leve a um relacionamento e a um comprometimento com todos os que caminham conosco, pobres e ricos, jovens e velhos, para que a alegria desta data se estenda a todos os dias do ano que se aproxima! Feliz Natal e um 2013 de muita fé!

Dom Aldo Pagotto – Arcebispo da Paraíba

O verdadeiro sentido do Natal reside no fortalecimento da união vivida no seio familiar. Natal é chegada, assim como nos alegramos com o nascimento de uma criança, acolhida não como uma intrusa e sim como alento e esperança. O que vemos, porém, são as lojas vistosas, oferecendo mil vantagens para atrair compradores de presentes dados a si mesmos. Nem sempre o encanto do Natal volta-se para as crianças, mas para o prazer de possuir, consumir, banquetear, buscando a si mesmo. O Natal de Cristo é um pretexto a mais para se dar algum prazer, voltando-se para o próprio umbigo. Que o Natal traga-nos o resgate da esperança, construindo-a como edificadores de um mundo sem violências. Como? Fazendo a nossa parte, assumindo o compromisso fundamental de resgatar o sentimento de pertença familiar. Tentemos formar os filhos com uma boa índole, com exemplos de trabalho e honestidade, colaborando na busca de soluções para os graves conflitos sociais, embora nossas famílias sejam vitimadas também por eles. Tenhamos o coração voltado para as dimensões sociais, envolvendo-nos com programas de cidadania que, mesmo sofrendo limitações, se direcionam à inclusão dos seres humanos. Dentro dos limites do possível ou do imponderável do milagre do amor, refaçamos os nossos bons propósitos acompanhados de um compromisso fundamental pela vida e pela esperança. Aí sim você vai sentir a paz de consciência passando um bom Natal e um eficiente Ano Novo

Pastor Estevam Fernandes – Primeira Igreja Batista

O Natal é a festa da luz e da luminosidade, por conta da presença de Jesus no mundo e no coração da gente. A maior dádiva do Natal é a certeza de que Deus nos ama e por isso mesmo não estamos sozinhos nesse mundo, à mercê do acaso. É o amor de Deus que confere sentido à nossa existência, esse amor é encarnado em Jesus que nasceu e viveu entre nós para experimentar nossas dores. Natal é, portanto, Deus conosco. Neste Natal deixe que a luz de Jesus brilhe em sua vida e faça de você um reflexo do amor e da graça de Deus. Seja luz!


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.