Vida Urbana

MPPB cria força-tarefa para coibir ocupação de áreas de proteção ambiental

Ação conjunta vai proteger Parque das Trilhas e Mata do Buraquinho.




O Ministério Público da Paraíba realizou uma audiência na quinta-feira (7) para discutir a formação de uma força-tarefa com diversos órgãos com objetivo de planejar ações para coibir a ocupação ilegal de áreas de proteção ambiental do Parque das Trilhas e do Jardim Botânico (Mata do Buraquinho), ambas em João Pessoa.

O promotor do Meio Ambiente de João Pessoa, José Farias, destacou a importância da atuação conjunta dos órgãos, inclusive no viés repressivo, para coibir as ocupações ilegais. Ele informou que a força-tarefa vai planejar as ações e medidas que deverão ser tomadas. Também foi discutida na reunião a criação do conselho gestor e do plano de manejo do Parque das Trilhas e do Jardim Botânico.

A audiência teve a participação do procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho, o promotor do Meio Ambiente de João Pessoa, José Farias; o procurador de Justiça Francisco Sagres; o coordenador do Centro de Operacional do Meio Ambiente, Raniere Dantas.

Também participaram o superintendente da Sudema, Fábio Andrade Medeiros; comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves; o delegado-geral, Isaías Gualberto; e representantes da Secretaria de Segurança e Defesa Social, do Batalhão de Polícia Ambiental, do Ibama, da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), da Secretaria de Planejamento da Prefeitura de João Pessoa.

Foram indicados os representantes para compor a força-tarefa com membros do Ministério Público do Estado, da Secretaria de Segurança e Defesa Social, da Polícia Militar, da Polícia Civil, da Sudema, do Ibama e da Cinep. Os integrantes devem se reunir nos próximos dias para iniciarem os trabalhos.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.