Vida Urbana

Motorista suspeito de provocar acidente de ônibus na Lagoa deve responder por lesão corporal

Em depoimento, o motorista alegou ter passado mal ao volante.




Acidente aconteceu na Lagoa e deixou feridos (Foto: Marcelo Lima)

Acidente aconteceu na Lagoa e deixou feridos (Foto: Marcelo Lima)

O motorista de ônibus que provocou um acidente próximo ao Parque da Lagoa na terça-feira (5) deve responder por lesão corporal no trânsito. A informação é do delegado que investiga o caso, Alberto Jorge. Segundo ele, tanto o motorista quando a empresa de ônibus descartam falha mecânica.

Um ônibus bateu em dois carros e uma barraca de um vendedor ambulante, invadiu a calçada de um supermercado e atingiu um poste, na terça-feira (5), próximo ao Parque da Lagoa, no Centro de João Pessoa. Segundo testemunhas, o ônibus – que faz a linha 602 – Mandacaru/Ilha do Bispo – estava cheio. Após o impacto, fios de um poste caíram e foi vista uma explosão.

O motorista prestou depoimento na sexta-feira (8) e alegou ter passado mal ao volante e, por isso, perdeu o controle do veículo, apesar de estar bem alimentado e descansado. Aquela era a terceira e última viagem do dia.

O Sócio-diretor da empresa de ônibus, também esteve na Polícia Civil para entregar documentos de confirmação do licenciamento do ônibus.

Durante o acidente, pelo menos três pessoas ficaram feridas. Uma delas, um taxista, que passou por procedimentos cirúrgicos e segue internado, nesta segunda-feira (11), em estado regular no Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba.

 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.