Vida Urbana

Motorista que causou acidente na Avenida Epitácio Pessoa estava bêbado, afirma polícia

Mesmo já identificado, o homem ainda não foi preso.




Ramilson Tadeu avançou sinal vermelho e acabou atingindo outros veículos e pedestres. Foto: Walter Paparazzo/G1

De acordo com a superintendente regional da Polícia Civil, Roberta Neiva, o condutor do veículo suspeito de causar um acidente na Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa, na última segunda-feira (1º), estava embriagado. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP), o acidente aconteceu após o veículo de Ramilson Tadeu, que trafegava na faixa exclusiva de ônibus, ter avançado o semáforo, no cruzamento da Avenida Epitácio Pessoa com a Avenida Amazonas. Cinco pessoas ficaram feridas no acidente.

No acidente, o veículo de Ramilson Tadeu atingiu em cheio um outro carro que transportava quatro pessoas, sendo duas delas idosas, que acabou capotando. O carro ainda atravessou o canteiro central e bateu em outros dois veículos e atropelou dois pedestres. O motorista, conforme as testemunhas, fugiu a pé do local.

A delegada Roberta Neiva informou que, por meio de imagens de câmeras de segurança e depoimentos, minutos antes do acidente o motorista ingeriu nove cervejas em um restaurante da cidade. No entanto, mesmo já identificado, o homem ainda não foi preso.

O advogado do motorista, Erick Queiroz, informou ao G1 que protocolou três pedidos de apresentação espontânea e voluntária, e que o cliente dele está à disposição para se apresentar na delegacia. Roberta Neiva, no entanto, explicou que “não existe a apresentação na forma como está sendo colocado”, disse a delegada. Segundo ela, a situação ainda é de flagrante, tendo em vista que a polícia está em busca do suspeito desde o dia do acidente.

Situação das vítimas

As cinco pessoas que ficaram feridas foram encaminhadas para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Um casal de idosos, que estava no carro que capotou, ficou preso nos cintos de segurança. A mulher, de 82 anos, e o homem, de 81, passaram pelos procedimentos de emergência e foram transferidos para um hospital particular.

Os outros três feridos, duas mulheres de 41 e 42 anos e uma jovem de 25 anos, receberam os atendimentos médicos de emergência e receberam alta.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.