Vida Urbana

Morre o jornalista, apresentador e ex-prefeito de Bayeux, Jota Júnior

Ex-prefeito lutava há um ano contra as complicações em decorrência de um câncer.




O jornalista, apresentador e ex-prefeito de Bayeux, cidade da Paraíba, na Região Metropolitana de João Pessoa, Jota Júnior, morreu aos 52 anos na madrugada desta segunda-feira (24), em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Ele lutava há um ano contra as complicações causadas por um câncer no pulmão. Jota estava na fila de espera para um transplante de pulmão, que seria feito em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Durante a viagem, ainda no táxi aéreo – equipado com unidade de terapia intensiva -, o jornalista teve uma parada cardíaca e foi levado com urgência para um hospital belorizontino mas não resistiu e faleceu.

Blog do Rubão: Morre o comunicador Jota Júnior

Segundo familiares, ele faleceu por volta das 4h desta segunda-feira (24). Conforme Carlos Sousa, irmão do comunicador, o velório está previsto para acontecer na Igreja Batista do bairro Alto da Boa Vista, em Bayeux. Já o velório vai ser na mesma cidade onde Jota é ex-prefeito, mas ainda sem local definido. A esposa dele está em Belo Horizonte para acompanhar a liberação do corpo.

O apresentador atuava profissionalmente no Cidade Alerta, da TV Correio, quando foi diagnosticado acerca da necessidade de um transplante. Desde então, foi afastado do programa para iniciar a romaria em busca da cirurgia. 

Com o nome de batismo de Josival Júnior de Sousa, Jota Júnior nasceu em Campina Grande e ganhou fama com a realização de programas radiofônicos e na televisão. A projeção adquida na mídia foi a escada para que ele chegasse ao poder, como prefeito de Bayeux. Foi eleito em 2004 e reeleito para um segundo mandato em 2008. Desde 2013 não ocupava cargos públicos. O diagnóstico da doença ocorreu há um ano, quando se mudou para Fortaleza, no Ceará, para fazer o tratamento de saúde. 

Os problemas com o câncer de pulmão se revelaram apenas um dos problemas da já frágil saúde do jornalista, que passou a enfrentar problemas também de coração. Foi quando ele voltou para João Pessoa para o tratamento também dos problemas de coração.

Prefeito de Campina Grande lamenta morte de Jota Júnior
Por meio de nota o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) lamenta a morte do ex-prefeito de Bayeux, radialista e apresentador de TV Jota Júnior. Jota nasceu em  Campina Grande, no dia 25 de fevereiro de 1965. Confira trechos da nota de Romero:

"Meus pêsames à família, amigos e à comunidade de Bayeux. Jota Júnior deixa um grande vazio na vida pública da Paraíba", destacou Romero em suas redes sociais, lembrando que o ex-prefeito era natural de Campina Grande. Por decreto, Romero estabeleceu luto oficial de três dias na cidade.

Romero Rodrigues destacou o espírito combativo de Jota Júnior, tanto em sua vida profissional, onde se destacou com um estilo muito próprio na apresentação de programas de rádio e TV, como também na vida pública, quando exerceu o cargo de prefeito de Bayeux, após vencer as eleições de 2004 e 2008. Na vida pessoal, também, principalmente nesses últimos anos, foi incansável na luta pela vida". 

Prefeito de João Pessoa emite nota de pesar sobre morte de Jota Júnior
O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) manifesta por meio de nota "os mais profundos sentimentos de pesar à família do comunicador Jota Júnior". Confira trechos da nota de Cartaxo:

"Lamento a perda de tão talentoso comunicador, que tantos serviços prestou aos mais necessitados através dos microfones de rádio e televisão de Cajazeiras, Sousa, João Pessoa e Fortaleza, desejando que ele encontre plena paz na morada de Deus.

 Meus profundos sentimentos e minha solidariedade à família, aos admiradores e aos amigos desse mestre da comunicação que parte hoje deixando uma lacuna nos nossos corações e nos programas radiofônicos e televisivos da Paraíba".

Prefeitura de Bayeux decreta luto oficial pela morte de Jota Júnior
O prefeito de Bayeux, Berg Lima, decretou luto oficial de três dias, nesta segunda-feira (24), pela morte do ex-prefeito de Bayeux, Jota Júnior. A informação foi publicada no portal oficial do município por volta das 9h50.

O prefeito Berg Lima também lamentou a morte prematura do ex-prefeito e ainda lembrou a trajetória de Jota como comunicador. "Manifesto o nosso profundo pesar pelo falecimento do ex-prefeito e prestamos nossas condolências à família e amigos. Que Deus dê força para que eles superem este momento de perda", disse Lima.

Assembleia da Legilastiva da Paraíba divulga nota de pesar 

Em nota assinada pelo presidente da ALPB, Gervásio Maia, órgão comenta sobre passagem de Jota na comunicação e na política e expressa os "mais sinceros sentimentos". Confira nota na íntegra:

"Com pesar, recebemos a notícia da morte do jornalista e apresentador Josival Júnior de Sousa, o Jota Júnior.

Jota Júnior carregava o jornalismo no sangue, com a capacidade de reportar fatos sobre os temas da política e sociedade em um texto escorreito, digno dos jornalistas que nasceram com a alma intrinsecamente ligada com a profissão que escolheram.

Que Deus conforte o coração dos amigos e familiares.

Nossos mais sinceros sentimentos".

Câmara Municipal de João Pessoa também emite nota
A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) também emitiu nota de pesar acerca da morte de Jota Júnior. A nota, em nome da Mesa Diretora da instituição, destacou a vida política de Jota, prefeito eleito de Bayeux, na Região Metropolitana de João Pessoa, em 2004. Confira trechos da nota:

"Em meio a uma profunda tristeza que a Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa vem a público expressar seu pesar pela morte, na madrugada desta segunda-feira (24), do jornalista e apresentador, Josival de Sousa Júnior, o Jota Júnior.

Também exerceu carreira política, vencendo a disputa para a prefeitura de Bayeux contra a então candidata a reeleição, Sara Cabral (PTB), em 2004. 

Com carisma e um jeito próprio de convencer, foi vencedor da disputa por uma diferença de quase 10 mil votos, sendo reeleito em 2008 quando concorreu com o ex-prefeito Expedito Pereira".