Vida Urbana

Morre Helder Macedo, diretor do Hospital da FAP

Dirigente travava luta contra o câncer há vários anos.




Helder Macedo era publicitário e professor universitário

Vítima de câncer, morreu neste domingo (3), em Campina Grande o publicitário e jornalista Hélder Macedo Rodrigues, 50, que presidia a Fundação Assistencial da Paraíba, mantenedora do hospital da FAP.

Helder, de 50 anos estava internado há várias semanas no Hospital Antonio Targino. Ele exercia o seu segundo mandato na presidência da Fundação, mas estava afastado desde junho último devido ao seu quadro de saúde.

Macedo ficou muito conhecido no mercado publicitário regional com a agência de propaganda Criare Comunicação, da qual foi um dos sócios. Ele também atuou como professor na área de publicidade.

O velório começou às 15 horas deste domingo e o sepultamento será, às 9 horas, desta segunda-feira (4),  no Campo Santo Parque da Paz.

Luto oficial

O prefeito Romero Rodrigues lamentou, profundamente, a morte prematura de Helder Macedo. O gestor  mandou preparar decreto, estabelecendo luto oficial de três dias no Município de Campina Grande.

De acordo com o prefeito campinense, Helder Macedo sempre marcou sua atuação pela defesa da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.