Vida Urbana

Mobilidade requer mudanças

2ª Plenária do Fórum Permanente de Mobilidade Urbana, realizada em Campina Grande, discutiu alternativas para melhorar o tráfego na cidade. 



Nicolau de Castro
Nicolau de Castro
3ª Plenária está marcada para ser realizada no próximo dia 19 de outubro, novamente na sede da Fiep, em Campina Grande

Foi realizada ontem, na sede da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), em Campina Grande, a 2ª Plenária do Fórum Permanente de Mobilidade Urbana. Durante o evento, que tem a intenção de escutar sugestões, buscar alternativas e promover melhorias no deslocamento, foram apresentadas propostas como integração tarifária e planejamento urbano para desafogar o tráfego na região central da cidade, além de buscar integrar o sistema de transporte campinense com o de cidades vizinhas que têm acesso ao município.

Essa última proposta foi apresentada por Devanir Magrini, representante da empresa Transdata Smart, que desenvolveu o software para bilhetagem eletrônica na cidade e disse ser uma alternativa que pode causar polêmica por integrar interesses de vários municípios, mas que com um replanejamento dos gestores, poderia apresentar bons resultados para os usuários de transportes intermunicipais de cidades que estão geograficamente próximas.

“Com essa proposta, nós teríamos um redimensionamento do trânsito, mas seria necessária a construção de uma central de controle que ficaria responsável por gerir toda a logística. É um tema polêmico, mas iria contribuir para que fossem eliminados vários problemas no trânsito, principalmente no que diz respeito à questão tarifária”, explicou Devanir.

Já a especialista em transportes Valéria Barros apontou a necessidade de cidades com mais de 20 mil habitantes respeitarem a lei de Mobilidade Urbana, principalmente na construção de ciclovias, calçadas com mais espaços e melhoria no deslocamento do trânsito particular.

A intenção da realização desse Fórum Permanente de Mobilidade Urbana de Campina Grande é apresentar estudos que apontem os problemas oriundos do crescimento desordenado das cidades, principalmente as regiões periféricas, e elencar alternativas para a resolução desses gargalos que prejudicam o tráfego no local. A 3ª Plenária está marcada para ser realizada no próximo dia 19 de outubro, novamente na sede da Fiep, em Campina Grande.
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.