Vida Urbana

João Pessoa sedia 13ª edição do Fórum Brasileiro de Segurança Pública

Redução de homicídios, em que Paraíba tem se destacado, é um dos temas.




A cidade de João Pessoa vai sediar a partir de quarta-feira (31) o 13º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O evento, que vai até a sexta-feira (2), acontece no Centro de Convenções e vai reunir gestores públicos, policiais, integrantes do sistema judicial, sociedade civil e também a academia. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deve participar da solenidade de abertura. As inscrições já estão esgotadas.

Em 2019, se destacam no encontro temáticas voltadas a estruturação do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP); a construção de articulação, integração e coordenação entre as diferente instituições públicas do sistema; e a seleção de prioridades e temas estratégicos para que as ações de segurança pública avancem no sentido da redução do crime, da violência e do medo no país.

>> Veja a programação completa

Sede do encontro, a Paraíba tem apresentado um bom desempenho no que diz a respeito a redução de assassinatos. Na semana passada foi divulgado que o estado registrou de janeiro a julho de 2019 teve 133 casos a menos do que no mesmo período de 2018, o que representa ua queda de 21,8%. Segundo a Secretaria de Segurança e Defesa Social, a Paraíba é o único estado do país a reduzir homicídio durante sete anos consecutivos e ainda neste 1º semestre.

O titular da Secretaria de Segurança e Defesa Social da Paraíba, Jean Nunes, é um dos palestrantes do encontro do Fórum de Segurança Pública. Ele vai participar de um mesa no dia 1º de agosto que tem como tema exatamente a redução dos homicídios. Junto com Nunes, também estão no debate o ex-ministro da Segurança Pública e da Defesa Raul Jungmann e a socióloga Camila Nunes Dias.

Outros pontos que vão ser discutidos nas mesas também estão violência contra a mulher, ação de milícias e atuação das organizações criminosas no Norte e no Nordeste.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.