Vida Urbana

João Pessoa no ranking das ‘50 Cidades mais inteligentes’ do Brasil

A apresentação detalhada desse levantamento será realizada nesta quinta-feira (28) em Recife.



Francisco França
Francisco França
João Pessoa se destaca como cidade conectada, inteligente e sustentável

João Pessoa ocupa o terceiro lugar no Nordeste e o 29º em todo o país entre as 50 cidades brasileiras com maior potencial de desenvolvimento sob o ponto de vista da sustentabilidade econômica, da promoção da qualidade de vida e da preservação do meio ambiente. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (27) pela consultoria Urban Systems, que elaborou um ranking das Cidades Inteligentes em parceria com a Sator, idealizadora do projeto Connected Smart Cities, que avaliou 700 municípios em 2015 para listar as 50 mais bem posicionadas em indicadores que incluem ainda as áreas de Saúde, Educação e Mobilidade Humana.
 
“O ranking foi elaborado com base em 70 indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade e permitem um mapeamento das oportunidades de cada município para se transformar em uma cidade inteligente, a partir de 11 setores”, diz Thomas Assumpção, presidente da Urban Systems. Ainda segundo a consultoria, João Pessoa foi destaque em Meio Ambiente (9º lugar), Saúde (12º), Mobilidade (38º), Educação (43º), Inovação e Tecnologia (46º). Nacionalmente, o Rio de Janeiro foi a primeira colocada e Recife ficou em 10º lugar. Das cidades nordestinas relacionadas entre as 50 Mais Inteligentes encontram-se Fortaleza (segunda na região e 18ª colocada em todo o país) e, depois da capital paraibana, aparecem Salvador (31º lugar), Aracaju (33º) e Teresina (35º).
 
“O ranking começou a ser construído em 2014 quando foram mapeadas as principais publicações nacionais e internacionais sobre o tema cidades inteligentes, conectadas e sustentáveis. Com base nestes estudos, foram elencados cerca de 300 indicadores, que deram origem à seleção final de 70 passíveis de mensuração nas cidades brasileiras. A partir daí, estes 70 indicadores foram aplicados em banco de dados de organismos mundiais, como Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Aneel e Ministério da Justiça, entre outros”, explica nota da consultoria.
 

A apresentação detalhada desse levantamento será realizada nesta quinta-feira (28) em Recife, no auditório do Banco Central (Rua da Aurora, 1259, Boa Vista), sede da Edição Nordeste Connected Smart Cities. Os apresentadores do ranking pretendem debater e traçar com os demais participantes um panorama do desenvolvimento de cidades e discutir soluções para a região. O evento tem apoio da Prefeitura do Recife e do Cesar – Centro de Estudos e Sistemas Avançados de Recife. Deve reunir prefeitos, secretários de estado e especialistas. Paula Faria, diretora executiva da Sator, diz que esse encontro “é o ponto de partida para investimentos em desenvolvimento nos setores básicos das cidades, como mobilidade, segurança, governo, meio ambiente, urbanismo, economia e qualidade de vida”. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.