Vida Urbana

Instituições de ensino paralisam atividades contra corte de verba do MEC

Movimento acontece em várias cidades da Paraíba; veja programações.




Manifestação contra cortes do MEC (Foto: Walter PAparazzo/G1)

Manifestação contra cortes do MEC percorre ruas de João Pessoa (Foto: Walter PAparazzo/G1)

As instituições públicas de ensino básico, fundamental, médio e superior suspenderam as atividades nesta quarta-feira (15) na Paraíba, em protesto contra o corte de verbas da educação, anunciado pelo MEC em abril. Além da suspensão das aulas, em João Pessoa está prevista a realização de uma passeata com saída prevista para as 10h, do Lyceu Paraibano.

De acordo com as informações divulgadas pelos sindicatos participantes do movimento, um ato político está previsto para acontecer na praça Ponto de Cem Réis, além de uma audiência pública marcada para as 14h, na Praça dos Três Poderes, também na capital.

Instituições Federais

Segundo a Associação de Docentes da Universidade Federal da Paraíba (AdufPB) e Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior do Estado da Paraíba (SintersPB), a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) parou as atividades. Do campus I ao IV, apenas o II e III, Areia e Bananeiras respectivamente, estão em período letivo.

Em Campina Grande, os professores e servidores da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) também participam da paralisação, segundo Associação dos Docentes (AdufCG) e Sindicato dos Servidores da UFCG (SintesUF/InterPB). 

O IFPB também participa da paralisação, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Federais na Educação Básica, Profissional e Tecnológica da Paraíba (SintefPB). O sindicato informou que nos campi de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Cabedelo, Monteiro, Cajazeiras e Sousa foi confirmada a adesão total ou parcial ao movimento, conforme divulgou o G1.

Protesto em Sousa. Foto: Clébio Melo

Redes estaduais e municipais

Já na UEPB, os técnicos administrativos, professores e alunos da UEPB também participarão da paralisação. Além disso, de acordo com a SINTESPB/UEPB, haverá uma caminhada em Campina Grande.

No caso das escolas estaduais, há divergência de informações. O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (Sintep-PB) orientou a paralisação de todas as unidades. Mas a Secretaria de Estado da Educação informou que haverá aula normal e as escolas que forem participar do ato devem repor o dia letivo.

As escolas municipais de João Pessoa, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de João Pessoa, também estão sem aulas. Em Campina Grande, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação do Município, a paralisação fica a critério das escolas. Algumas escolas e creches já informaram que vão parar e outras que haverá aula normalmente, segundo informações do G1-PB.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.