Vida Urbana

Inscrições para moradia nos casarões do Centro Histórico seguem até junho

Obra será realizada pela prefeitura dentro do programa Minha Casa Minha Vida. Cadastro vai até 4 de junho.



Divulgação/Secom-JP
Divulgação/Secom-JP
Para concorrer a um dos apartamentos, os interessados não podem possuir outros imóveis

Continuam até o dia 4 de junho as inscrições para interessados em morar nos 17 apartamentos que serão construídos em casarões da Rua João Suassuna, no Centro Histórico de João Pessoa. O cadastro, que foi aberto no último dia 4 de abril, deve ser feito na Secretaria Municipal da Habitação, em Jaguaribe, no período das 8h às 14h. A obra será realizada pela prefeitura dentro do programa Minha Casa Minha Vida Faixa 2, do governo federal.

Para concorrer a um dos apartamentos, os interessados não podem possuir outros imóveis e precisam apresentar renda familiar bruta mensal de R$ 1.600 até R$ 3.275. Também é necessário apresentar uma série de documentos (confira a lista abaixo).

Clique aqui e confira o edital para a seleção das famílias 

Os oito casarões da Rua João Suassuna passaram recentemente pelo processo de arqueologia, que precede qualquer intervenção em edificações de valor patrimonial, como está previsto em lei. O trabalho tem como objetivo resgatar elementos que fazem parte da história e cultura da cidade, consistindo na coleta de dados através de pesquisa histórica e arqueológica.

Com o cumprimento das etapas de arqueologia e de seleção das famílias beneficiadas, a prefeitura poderá dar início às obras de revitalização dos casarões, que será realizada pela empresa vencedora do chamamento público para a obra, a Borges e Santos.

A Secretaria Municipal da Habitação está localizada na Avenida Engenheiro Leonardo Arcoverde, Nº 121, em Jaguaribe.

Veja os documentos que são necessários para a inscrição no financiamento:

– RG e CPF
– Certidão de Estado Civil
– Três últimos contracheques
– Declaração de Imposto de Renda
– CTPS
– Extrato FGTS
– Comprovante de residência atualizado
(há pelo menos cinco anos)
– Extrato bancário
– Comprovante de despesas
(fatura de cartão de crédito, água, luz, telefone, internet, plano de saúde)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.