Vida Urbana

Imposto de Renda 2018: apenas 48% dos contribuintes da PB já enviaram suas declarações e prazo termina em dez dias

Mais de 151,6 mil declarações ainda precisam ser enviadas até o dia 30




Prazo de envio termina no dia 30

Apenas 48% dos contribuintes da Paraíba enviaram suas declarações de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física 2018 até as 11h desta sexta-feira (20), a dez dias do fim do prazo. Segundo dados da Receita Federal, o órgão recebeu 143.385 declarações dentro deste período, o que significa que mais de 151,6 mil declarações ainda precisam ser enviadas até o dia 30.

>>> Calendário de restituições deste ano começa em junho; confira

>>> Saiba como enviar sua Declaração do Imposto de Renda

Nem todo mundo é obrigado declarar o Imposto de Renda 2018. Só é necessário declarar, caso o contribuinte se encaixe com um desses itens listado abaixo:

– Pessoas físicas residentes no Brasil que receberam mais de R$ 28.559,70 de rendimentos tributáveis no ano de 2017, sendo trabalhadores, aposentados ou pensionistas que recebem o valor mensal superior a R$ 1.903,98;
– Que tiveram rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributatos apenas na fonte acima de R$ 40.000,00;
– Os trabalhadores do campo que tem rendimento anual bruto de renda rural acima de R$ 128.308,50;
– Quem ganhou dinheiro na alienaçãod de bens ou direitos, sujeitos à incidência do imposto ou investiu em bolsas de valores, mercado de capitais ou similares;
– Contribuintes com imóvel ou terrenos avaliados a cima de R$ 300.000,00;
– Trabalhadores que optarem pela isenção do IRPF sobre o valor de venda de imóveis, desde que seja usado para a compra de outro imóvel em território nacional no prazo de 180 dias.

Este ano o primeiro lote de restituições do Imposto de Renda vai ser creditado na conta dos contribuintes no dia 15 de junho, com o segundo programado para 16 de julho. Terão prioridade os contribuintes com idade igual ou superior a 60 anos, sendo assegurada prioridade especial aos maiores de 80 anos, portadores de deficiência física ou mental, de moléstias graves e aos contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.