Vida Urbana

Grupo é detido após invadir escola em Campina Grande

Homens disseram que invadiram o colégio para pichar e não para roubar.




Dois adolescentes foram apreendidos e dois homens foram presos por volta das 2h desta sexta-feira (3) após invadirem o colégio Estadual da Prata, que fica no bairro de mesmo nome, em Campina Grande. Segundo informações do vigilante da escola, os homens pularam o portão e conseguiram entrar no prédio passando por uma janela que estava quebrada.
Após entrarem no prédio da escola, os homens picharam câmeras de segurança, foram ao refeitório, pegarem uma câmera de monitoramento do local e lancharam.  Na sequência, os homens arrancaram um ferro que serve de apoio para as cadeiras do refeitório e tentaram arrombar a porta do laboratório de informática da escola.
Ao ouvir o barulho feito pelos homens o vigilante da escola foi até o corredor do laboratório e conseguiu render os quatro suspeitos. O vigilante chamou a polícia que chegou até a escola e conduziram os homens até a Central de Polícia.
Eles disseram a polícia que invadiram a escola só para pichar, que não queriam roubar nada e que estavam tentando arrombar o laboratório de informática porque estava procurando o melhor lugar da escola para  pichar.
Com eles, foram apreendidos uma garrafa de tinta, pincéis de rolo, uma garrafa de água e a câmera que eles tinham pegado do refeitório da escola.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.