Vida Urbana

Companhias aéreas confirmam 400 voos extras para João Pessoa neste verão

Capital paraibana caiu no gosto do turista devido ao custo-benefício.




Eleita como o destino turístico com o melhor custo-benefício do país, João Pessoa é a aposta das três companhias aéreas que operam voos domésticos no Brasil (Gol, Azul e Latam Brasil). Para a alta temporada de verão 2019/2020, a partir do dia 1º de dezembro, a capital paraibana começa a receber mais de 400 voos extras, com saídas dos aeroportos de Brasília (DF), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

Apenas pela Gol Linhas Áreas serão 236 voos extras de dezembro até depois do  Carnaval, ligando João Pessoa a Brasília, Salvador e Rio de Janeiro. A companhia aérea ainda estuda o início de uma operação direta entre João Pessoa e Fortaleza, a partir do início do ano.

De acordo com a programação da Gol, os voos do Rio de Janeiro para João Pessoa pousarão no Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto às 23h35 e 3h30, com retorno às 2h40 e 6h35, respectivamente. Já os voos vindos de Salvador chegarão às 0h40 e 2h35, e retornarão às 2h e 4h, respectivamente. Os voos vindos de Brasília chegarão 3h30 e 5h25, retornando às 6h20 e 8h15, respectivamente.

A Latam Brasil informou que vai ampliar as rotas de Guarulhos e Brasília, principais centros de conexão da companhia, para destinos turísticos como João Pessoa, Maceió, Natal e Porto Seguro. Na capital paraibana a companhia aérea confirmou que serão operados 100 voos extras a partir de 1º de dezembro, todos vindos do aeroporto de Brasília. Na alta temporada, a Latam vai abrir 1,2 mil voos extras para os mercados doméstico e internacional, com adição de 218 mil assentos somente no Brasil.

Azul

A Azul também anunciou que vai ampliar em 25% a oferta de assentos em voos extras para a temporada de alto verão, que vai de 1º de dezembro de 2019 a 2 de fevereiro de 2020, com mais sete voos semanais da rota João Pessoa-São Paulo.

A ampliação foi fruto de um negociação feita entre a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e PBTur com executivos da Azul para redução da base de cálculo do ICMS incidente no fornecimento de querosene de aviação para atrair os novos voos.

A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, comemora esse expressivo número de voos extras para a Paraíba e reafirma o compromisso do Governo do Estado de buscar meios de ampliar a malha aérea local para atender a demanda de turistas. “Uma dessas ações tem sido a redução da incidência de ICMS no combustível de aviação. Todas as empresas estão sendo beneficiadas com essa medida, que tem aumentado o fluxo de turistas na Paraíba”, disse Avelino.

Capital

Na avaliação do prefeito Luciano Cartaxo, a medida é também consequência do fortalecimento do turismo realizado pela Prefeitura de João Pessoa, como os novos investimentos na área de infraestrutura, a exemplo da nova Calçadinha da Orla e do maior conjunto de obras para a revitalização do Centro Histórico.

“O anúncio da Gol chega para coroar um trabalho planejado, que melhora a cidade para quem vive aqui e quem nos visita. Dentro da ação ‘Cidade que tem mais oportunidades’, lançamos um cronograma de atividades para potencializar o fluxo turístico na capital, que foi decisivo para esse anúncio por estimular a economia e gerar novos postos de trabalho”, disse Cartaxo.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.