Vida Urbana

Gestores 'caçam' três mil alunos fora da escola em Campina Grande para efetuar matrículas

Prefeito e secretários visitam famílias para matricular estudantes na rede municipal; 31 mil já preencheram vagas.




“Força-tarefa” visita casas em Campina Grande para efetuar matrículas de alunos

Gestores da Prefeitura de Campina Grande estão nas ruas para “caçar” crianças e adolescentes que estão fora da escola para efetuar suas matrículas na rede municipal de ensino. A Secretaria de Educação informou que só foram preenchidas 31 mil das 34 mil vagas disponíveis na rede. Diante disto, foi lançado o projeto Busca Ativa com o objetivo de matricular mais três mil alunos até o final deste mês. O semestre letivo vai começar em fevereiro.

Entre as crianças que foram encontradas nesta quinta-feira (10) pela ‘força-tarefa’, que contou com o reforço do prefeito Romero Rodrigues, estavam Eloísa Vitória dos Santos Souza, de cinco anos, que foi matriculada no pré-escolar II, na Escola Anésio Leão, e William Mateus Rocha Silva, também matriculado no pré-escolar II da Escola Maria Cândida de Oliveira. Ambos foram matriculados pelo próprio prefeito. Também participaram da ação a secretária municipal de Educação, Iolanda Barbosa, o secretário da Cultura, Joia Germano, e integrantes da equipe técnica da pasta da Educação.

O projeto Busca Ativa”, criado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), vai reforçar as ações para a identificação e resolução dos casos de exclusão escolar, já desenvolvidas no município. O projeto é realizado em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Instituto Tim. Para a realização do trabalho foram mobilizadas pela Prefeitura de Campina Grande as secretarias municipais de Educação (SEDUC), Saúde e Assistência Social (Semas).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.