Vida Urbana

Fórum de Patos cria biblioteca voluntária para frequentadores do local

Projeto foi criado inicialmente para entreter crianças que frequentavam o fórum com seus pais.





O Fórum Miguel Sátyro da cidade de Patos, no Sertão da Paraíba, criou uma biblioteca voluntária para os frequentadores do local. A ideia surgiu da servidora Terezinha Vita e começou a funcionar em fevereiro deste ano (2018). De acordo com Terezinha a ideia era criar um ambiente de leitura para as crianças que acompanham os pais até o fórum pudessem passar o tempo.
A biblioteca começou com 50 livros e hoje conta com um acervo de mais de 1700 obras com títulos referentes a  obras literárias, enciclopédias, gibis, revistas, paradidáticos, apostilas para concurso entre outros, todos recebidos de doações.
O local  que era destinado as  crianças que passavam pelo fórum hoje abriga todo mundo que passa lá para audiências ou gente que só vai mesmo para estudar e ler.  “Além do público infantojuvenil, também frequentam o local, advogados, estudantes universitários, concurseiros e professores, no horário do expediente forense, das 7h às 14h” explica Terezinha.
Um diferencial da biblioteca é que qualquer pessoa pode visitar o local, escolher o livro e levá-lo para ler em casa e após a leitura a pessoa pode repassar o livro para outro leitor ou devolvê-lo a biblioteca. A ideia é desburocratizar o acesso aos livros e a leitura.
O projeto é pioneiro na Paraíba. Segundo Terezinha, não há nenhum outro fórum no estado que tenha uma biblioteca pública voluntária. A servidora se orgulha do projeto. “Acredito no poder transformador da leitura, pois só teremos cidadãos conscientes se forem bem informados e a leitura tem esse pode de fazer , de pensar e de decisões” enfatizou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.