Vida Urbana

Estudante universitária morre após ser arremessada de carro em Patos

Condutor, que perdeu controle do veículo, confessou à polícia que tinha bebido cerveja.  



Divulgação/MaisPatos
Divulgação/MaisPatos
Adaxamanda cursava o 6º período do curso de Biomedicina em uma faculdade em Patos

A estudante universitária Adaxamanda de Sousa Nóbrega, 18 anos, morreu após ser arremessada de um carro, durante uma capotagem, na cidade de Patos, no Sertão da Paraíba, no final da noite de sexta-feira (21). De acordo com informações repassadas pela Polícia Civil, o carro em que a universitária seguia saiu da pista e capotou nas imediações do campus da UFCG em Patos, no bairro do Jatobá. Na capotagem, a universitária foi arremessada e morreu no local.

O delegado José Edson Pedroza, que registrou a ocorrência, relatou que no veículo seguiam seis pessoas, incluindo a universitária que morreu no acidente. Ele explicou que, com base no relato dos outro ocupantes, a jovem seguia no veículo sentada no colo de uma amiga. A universitária teve traumatismo craniano e fraturou o pescoço.

“Seguiam quatro meninas no banco de trás e dois rapazes na frente. A menina que morreu estava atrás, no colo de uma das amigas. Pelo que foi revlado pelos ocupantes, o motorista perdeu o controle quando foi mexer no som”, explicou o delegado. Após o acidente, o condutor do carro confessou ao delegado que havia bebido cerveja, mas se recusou a fazer o teste etilômetro.

O delegado encaminhou o motorista para fazer o exame toxicológico no Instituto de Polícia Científica (IPC). O condutor foi autuado em flagrante, ainda segundo Edson Pedroza. Nenhum outro ocupante do veículo apresentou ferimentos graves. A universitária cursava o 6º período de biomedicina em uma faculdade privada de Patos. Ela era natural de Catolé do Rocha, cidade também do Sertão paraibano.

Solidariedade

Amigas de Adaxamanda prestaram solidariedade nas redes sociais. Caterina Laurentino fez a seguinte postagem: "Por alguns Manda, Amanda. Por outros Adax, Adaxa. Mas por mim era Adax… Amanda. Com pausas. Amanda que tem como significado, aquela que é amada. Você provou pra todo mundo de longe ou de perto. Que foi e sempre será AMADA. A princesa da casa, a amiga presente e sorridente. E hoje anjo de Deus. Que Deus conforte seus pais que tanto te selaram a vida toda, sua mãe a melhor amiga que tinha. Seu pai, seu herói. Eu ainda estou em choque com a notícia, mas sei que Deus tem o melhor lugar pra você ser cuidada. Descanse em paz, princesa! De todos da familia"

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.