Vida Urbana

Estado Islâmico assume autoria do atentado em Barcelona

Ação aconteceu em resposta à aliança internacional que atua contra jihadistas.  




O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do atentado terrorista ocorrido nesta quinta-feira (17) em Barcelona, na Espanha, que causou a morte de 13 pessoas e deixou mais de 80 feridos, informou a agência de notícias Amaq, ligada aos extremistas.

Em um breve comunicado, cuja autenticidade não pôde ser verificada, o EI disse pela rede de serviços de mensagens Telegram que "uma fonte de segurança afirmou à Amaq que os autores do ataque de Barcelona são soldados do Estado Islâmico".

O EI afirmou que a ação terrorista aconteceu "em resposta aos chamados do grupo para atacar os países da coalizão", em referência à aliança internacional liderada pelos Estados Unidos que atua contra jihadistas no Iraque e na Síria. 

Itamaraty condena ato terrorista

O Ministério de Relações Exteriores emitiu uma nota em que “deplora veementemente” o ataque terrorista ocorrido na tarde desta quinta-feira (17), em Barcelona, na Espanha, quando uma van invadiu uma das áreas turísticas mais visitadas da cidade, a La Rambla, deixando dezenas de pessoas feridas e vítimas fatais. O Itamaraty informou que até agora não há registro de brasileiros entre as vítimas e que o Consulado-Geral do Brasil em Barcelona está monitorando a situação.

“O Brasil reitera sua condenação a todo e qualquer ato de terrorismo, qualquer que seja sua motivação, ao mesmo tempo em que expressa, consternado, seu sentimento de pesar às famílias das vítimas e estende votos de plena e rápida recuperação aos feridos", afirma a nota.