Vida Urbana

Em menos de uma hora, duas mulheres são vítimas de tentativas de estupro

Suspeita é que os crimes tenham sido praticados pelo mesmo homem, que ameaçou as vítimas colocando um revólver na boca das duas.




Duas mulheres, uma de 20 e outra de 42 anos, foram vítimas de tentativas de estupros na zona rural do município de Remígio, no Agreste paraibano, em um intervalo de aproximadamente uma hora. A informação foi repassada pela Polícia Militar (PM) e os casos foram registrados na tarde da última terça-feira (31). A suspeita dos policiais é que ambas tentativas tenham sido praticadas pelo mesmo homem, que ameaçou as vítimas colocando um revólver na boca delas. 
 
A primeira tentativa de estupro aconteceu no sítio Lagoa do Mato por volta das 16h30. Segundo a PM,  a vítima foi uma jovem de 20 anos que informou estar caminhando quando foi abordada por um homem em uma moto vermelha, que estava de capacete e uma camisa da mesma cor e armado com um revolver. Ele teria colocado a arma na boca dela e tentado estuprá-la, mas a jovem começou a gritar e conseguiu fugir. Ela ficou em estado de choque e foi levada para o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida, em Campina Grande, conforme a PM. 
 
Já no sítio Capim de Cheiro uma mulher de 42 anos foi abordada por um homem com as mesmas características informadas pela outra vítima, também colocando o revólver na boca dela para intimidá-la e tentar estuprá-la. Em depoimento à policia, essa segunda vítima acrescentou que o suspeito era magro e de baixa estatura. Ela conseguiu se livrar dele após ter aparecido um homem por perto do local que gritou e espantou o estuprador. 
 
A Polícia Militar disse que está em diligências na tentativa de localizar o suspeito, mas até essa matéria ser publicada não havia informações de que ninguém tivesse sito preso por envolvimento com esses crimes. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.