Vida Urbana

Em meia hora, João Pessoa registra dois assassinatos em locais diferentes

Crimes aconteceram nos bairros do Cristo e de Mangabeira.



Reprodução/TV Cabo Branco
Reprodução/TV Cabo Branco
A pouco tempo a vítima já tinha sofrido uma tentativa de homicídio na sua própria casa

Duas pessoas foram mortas em um intervalo de cerca de 30 minutos em João Pessoa, na noite de quarta-feira (7). O primeiro crime foi registrado no bairro do Cristo Redentor, onde um homem de 32 anos foi assassinada  em frente a um bar na rua Elias Cavalcante. Segundo informações de testemunhas, ele estava bebendo no bar com amigos quando os suspeitos passaram de moto em frente ao local e realizaram disparos.

De acordo com o tenente Mendonça, a vítima, identificada como Eduardo Sousa da Silva, trabalhava como segurança e frequentava o bar com frequência. "Os parentes informaram que a vítima trabalhava fazendo bico como segurança. Ele era pai de quatro filhos. E mesmo morando no bairro do Rangel, tinha costume de frequentar esse bar no Cristo", disse.

Conforme informações de um conhecido da vítima, que preferiu não se identificar, a pouco tempo Eduardo já tinha sofrido uma tentativa de homicídio. Atiraram na direção dele, tanto que em sua casa há marcas de bala.

A polícia não tem informações se há ligação entre o trabalho como segurança e alguma richa decorrente do seu trabalho. A investigação vai prosseguir, e até agora nenhum suspeito foi preso.

Em Mangabeira

 

Aproximadamente meia hora, outro assassinato foi registrado em João Pessoa na noite da quarta-feira (7). Dessa vez o crime aconteceu no bairro de Mangabeira, Zona Sul da capital.

O jovem foi morto na esquina da principal avenida do bairro, na avenida Josefa Taveira com a rua Maria José Catequista. No momento o rapaz estava sem identificação.

Segundo a polícia, a vítima estaria bebendo com outro homem no local quando uma terceira pessoa chegou a pé e efetuou o disparo.

Até a manhã desta quinta-feira (8) nenhum suspeito do assassinato foi identificado.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.