Vida Urbana

Destroços do Pier de Tambaú ainda ameaçam banhistas em João Pessoa

Problema é que parte dos destroços, pedaços de concreto e vergalhões de aço, permanecem na areia.




Da Redação

Os frequentadores da praia de Tambaú continuam correndo o risco de graves ferimentos mesmo após a demolição do pier de Tambaú. O problema é que parte dos destroços, pedaços de concreto e vergalhões de aço, permanecem na areia. A TV Cabo Branco esteve no local e ouviu algumas pessoas sobre o assunto (veja matéria ao lado).

O pier, que foi construído em 1994, e já estava parcialmente destruído desde 2007, foi demolido por máquinas no mês passado. A Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado da Paraíba (Suplan) comandou a demolição e disse que a empresa responsável pelo serviço já foi contactada para terminar o serviço e eliminar de vez todos os destroços.

Laudos realizados por especialistas em setembro, comprovaram que não era viável a recuperação da obra. A demolição da estrutura restante e a retirada dos entulhos já deveria ter sido feita. O Governo do Estado informou que não há um projeto para construção de um novo pier.