Vida Urbana

Deslizamento de pedras em obra mata operário e deixa outro ferido

Caso aconteceu na manhã desta quinta (28); 2ª vítima está fora de risco.



Divulgação: Artur Lira/Tv Paraíba
Divulgação: Artur Lira/Tv Paraíba

Um homem identificado como José Carlos Rodrigues de Brito, de 33 anos, morreu soterrado nesta quinta-feira (28), quando trabalhava em uma obra de esgotamento sanitário no Centro da cidade de São José de Lagoa Tapada, na região do Sertão da Paraíba. 
 
José Carlos Rodrigues de Brito prestava serviço para uma empresa terceirizada do município, quando foi atingido por várias pedras e acabou soterrado. O gerente administrativo da empresa, Augusto Alves, explicou que o acidente ocorreu pela manhã. 
 
Uma segunda vítima identificada como  Antônio Marcos também foi atingida pelo deslizamento das pedras na obra, mas não ficou soterrado e foi resgatado pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ele foi levado para o Hospital Regional de Sousa e não corre risco de morte. “O funcionário que sobreviveu está bem, teve apenas uma fratura em uma das pernas e nesse momento a empresa está dedicada a prestar o apoio necessário às vítimas”, disse o gerente Augusto Alves. 
 
O delegado da Polícia Civil Sylvio Rabello disse que o acidente será investigado. O resultado da perícia no local da obra deve ser divulgado no prazo de 15 dias. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.