Vida Urbana

Criança baleada por adolescente com arma de padrasto morre em hospital

Caso aconteceu na última terça-feira (13) em Parari, no Cariri paraibano.




A criança, de 10 anos, que foi baleada por um adolescente com a arma do padrasto, morreu neste sábado (17) no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Cauã Gomes dos Santos foi baleado na cidade de Parari, no Cariri paraibano, na última terça-feira (13) e desde então estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital.

De acordo com a Polícia Civil, a criança foi baleada no tórax pelo adolescente, de 12 anos, que manuseava uma arma do padastro. A mãe da vítima procurou a polícia informando que o filho tinha sido baleado. A polícia acredita que se trata de um caso de tiro acidental.

O adolescente, responsável pelo tiro, foi localizado pela polícia e a mãe do menino disse que a arma pertencia ao marido dela. Além da arma manuseada pela criança, o padastro informou a polícia, que ainda possuía outra. Ambas as armas foram apreendidas. Os envolvidos no caso foram levados para a delegacia de Polícia Civil da cidade de Sumé.

O padrasto da criança foi detido em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. A criança, de 10 anos, foi socorrida e levada para o Hospital Geral de Serra Branca, sendo transferido em seguida para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, onde passou por cirurgia.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.