Vida Urbana

Corpo de Bombeiros promove treinamento para comerciantes que atuarão no Parque do Povo

Em 2018, um incêndio destruiu 24 barracas; sem treinamento barraqueiro não recebe autorização.




Treinamento com barraqueiros está ocorrendo no Quartel do Corpo de Bombeiros, em Campina Grande

Para prevenir incêndios no Parque do Povo,  durante o São João,  450 pessoas estão participando, nesta quinta-feira (2), de uma capacitação promovida pelo Corpo de Bombeiros, com o objetivo de treinar proprietários e funcionários de barracas que vão trabalhar no QG do Forró este ano. Em 2018, 24 barracas foram incendiadas, motivada por um vazamento de um botijão de gás.

O treinamento, que foi dividido em dois turnos por causa da quantidade de participantes, está sendo realizado no Quartel do Corpo de Bombeiros, no bairro do São José. Durante duas horas, são repassadas instruções de manuseio do extintor de incêndio e do botijão de gás de cozinha, bem como técnicas que possibilitam os participantes identificar se os extintores foram carregados de forma correta. A capacitação incluiu ainda uma simulação de incêndio para ensinar sobre a forma correta de agir em situação real semelhante.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, tenente coronel Jean Benício, assim como ocorrido em anos anteriores, o barraqueiro que não participar do treinamento, não receberá autorização para o funcionamento da barraca. Também por exigência do Corpo de Bombeiros, cada barraqueiro terá de entregar uma declaração, atestando que, no controle de acabamento das barracas, foi utilizado material retardante de chamas, como recomendado pelo órgão.

Segurança hídrica

A fim de garantir a segurança hídrica no Parque do Povo, a Prefeitura Municipal de Campina Grande e a Medow Promo, seguindo as orientações do Corpo de Bombeiros, estão disponibilizando três hidrantes na área dos camarotes e três carros-pipa, diariamente, na área posterior à Pirâmide do Parque do Povo.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.