Vida Urbana

Conselho define nesta quinta reajuste de tarifa de ônibus em Campina Grande

Planilha aponta aumento de R$ 3,30 para R$ 3,72, mas empresas aceitam discutir alternativas.




Com a presença do prefeito Romero Rodrigues, o Conselho Municipal de Transporte Público (COMUTP) se reúne, na manhã desta quinta-feira (27), para definir o reajuste da tarifa de ônibus, em Campina Grande. Atualmente, o valor da passagem é R$ 3,30 e as empresas de transporte coletivo querem aumentar para R$ 3,72, de acordo com a planilha com os novos preços dos insumos.

Todavia, os empresários aceitam um percentual de reajuste menor, se a segunda viagem integrada seja paga, pelo menos 50% da tarifa total. Outras medidas seriam tirar as linhas de ônibus consideradas deficitárias, encurtar as distâncias e criar o fundo de transporte público.

Planilha

Os principais insumos que vão ser analisados na planilha são: combustível; Despesa com pessoal; depreciação dos veículos; peças e acessórios. Em percentual, o combustível representa, na planilha, 27,6 %; Despesa com pessoal, 28,8%; depreciação dos veículos, 5,6%; e peças e acessórios, 7,4 %.

Pagantes

De acordo com a planilha, os dados anuais são os seguintes: 11.859.033 passageiros pagantes; 7.782.313 com vale transporte; 4.834.341 estudante (meia); 910.758 gratuidades; 83.555 na integração.

Já o número total de passageiros equivalentes (o que vai para a planilha) é 22.058.518. No ano passado, fechou com 28 milhões de viagens. Esse ano, com 22 milhões, provocando uma queda de aproximadamente 6 milhões de passageiros.

A quilometragem total do sistema é, em média/mês, de 1.213.309 km. Isso é o que todos os ônibus percorrem por mês na cidade.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.