Vida Urbana

Comércio do Centro de João Pessoa tem fraca movimentação na véspera de Natal

Durante a manhã e a tarde, ruas e lojas estavam tranquilas; Shopping Tambiá também.



Phillipe Xavier
Phillipe Xavier
Movimentação de clientes nas ruas do Centro refletia o efeito da crise nas vendas deste ano

O comércio do Centro de João Pessoa teve pouca movimentação durante a manhã e a tarde deste sábado (24), véspera de Natal. Na ocasião, consumidores, acostumados com o agito diário do bairro e as grandes filas em lojas, encontraram ruas com fácil acesso e rapidez nas compras de última hora.

Com tanta tranquilidade, não foi raro se deparar com funcionários nas portas dos estabelecimentos, tentando atrair a tímida clientela. O vendedor Eudes de Paula era um deles. Há 23 anos no ramo, ele conta que 2016 foi o pior ano em relação às vendas do dia 24 de dezembro da loja de presentes onde trabalha. "Ano passado foi bem melhor. Está complicado e, mesmo com as promoções, não temos conseguido alavancar as vendas", ressaltou.

Quem também sentiu na pele os efeitos da crise foi o vendedor Roberto Lima, que atua em uma loja de eletrodomésticos. Para ele, as fracas negociações da semana foram um indício do que viria nesta véspera. "A gente já esperava as baixas vendas, mas não tanto como está sendo", comentou. "O que vem animando a gente são as compras que normalmente acontecem depois do Natal. A gente está apostando nisso para se recuperar", acrescentou.

Além da crise, outra razão para o baixo desempenho do comércio de rua foi o volume maior de vendas pela internet, conforme os vendedores. A dona de casa Gislaynne Soares é um exemplo disso. Ao lado do marido e da filha, ela decidiu andar pelo Centro apenas para comprar o complemento do presente da menina: o carrinho para a boneca que eles adquiriram pela internet. "Eu só comprei aqui porque o carrinho estava esgotado no site", mencionou Gislaynne, que se disse comedida nos gastos deste ano.

Já o professor Celso Melo, que esteve no Centro para comprar os presentes que faltavam na sua lista, contou que, neste ano, fez tudo aos poucos e que vai presentear apenas familiares e amigos mais próximos. "Nada de extravagâncias, só o básico", garantiu, mostrando as poucas sacolas nas mãos.

Shopping

O Shopping Tambiá, que neste sábado (24) funciona em horário especial, até às 18h, também teve poucos clientes circulando entre os corredores – isso apesar de cartazes e anúncios de descontos generosos, que chegavam a 60%.

Shopping Tambiá teve poucos clientes nesta véspera de Natal (Foto: Phillipe Xavier)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.