Vida Urbana

Cinco municípios da Paraíba serão reforçados com novas equipes de saúde

Esses profissionais vão atuar nas Unidades de Saúde da Família (USF).




O atendimento à população que procura o Sistema Único de Saúde (SUS) para cuidar da saúde será ampliado em cinco municípios paraibanos. Através de uma portaria do Ministério da Saúde, as cidades de Barra de São Miguel, Casserengue, Mataraca, Monteiro e Pitimbu vão ganhar reforço de novas equipes de saúde para Atenção Primária.

Ao todo serão quatro equipes de Saúde da Família, sendo duas para Monteiro, uma para Casserengue e outra para Pitimbu; oito equipes de de Saúde Bucal, para Monteiro (3), Mataraca (2), Casserengue (2) e Barra de São Miguel (1); além de 33 agentes comunitários de saúde para Monteiro (14), Pitimbu (8), Mataraca (4), Casserengue (4) e Barra de São Miguel (3).

Esses profissionais vão atuar nas Unidades de Saúde da Família (USF), que ficam próximas à residência do cidadão para que possa realizar, preventivamente, o acompanhamento da saúde por meio de consultas regulares, exames de diagnóstico e administração de vacinas, entre outros cuidados.

“Agir na promoção da saúde e prevenção de doenças é prioridade do Governo Federal, principalmente no cuidado de pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, porque assegura maior qualidade de vida ao cidadão e impede que estas doenças evoluam para estágios mais graves”, destacou o secretário de Atenção Primária à Saúde, Erno Harzheim.

Em julho, o Ministério da Saúde anunciou que estado da Paraíba receberá investimento de R$ 3 milhões para credenciamento de novas 96 equipes ou serviços da Atenção Primária em 53 municípios. Serão 29 Agentes Comunitários de Saúde, 16 Equipes de Saúde da Família, 12 Equipes de Saúde Bucal, 1 Equipe de Consultório de Rua, 15 Polos de Academia da Saúde, 1 Equipe de Saúde Prisional, 3 Centros Especializados em Odontologia e 19 Laboratórios de Próteses Dentárias.

Dados nacionais

Em todo o país, foram credenciados 1.878 novas equipes formadas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde, além de profissionais de saúde bucal, como cirurgiões-dentistas e técnicos em saúde bucal. Ao todo, foram 1.240 novos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), 314 equipes de Saúde da Família e 324 novas equipes de Saúde Bucal, reforçando a assistência em 156 municípios.

O Ministério da Saúde informou que pretende investir cerca de R$ 26,3 milhões para custeio dessas equipes já em 2019 e, a partir do próximo ano, serão R$ 69 milhões a mais para o fortalecimento da Atenção Primária, principal porta de entrada do cidadão no SUS.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.