Vida Urbana

CG será a primeira cidade da Paraíba incluída no Google Transit

Recurso auxilia os usuários de ônibus coletivos a obterem melhores itinerários para um determinado trajeto. No Nordeste só mais três fazem parte do sistema.



Leonardo Silva
Leonardo Silva
O banco de dados possui informações que incluem linhas, rotas, horários, número de paradas, distância e, em alguns casos, o total da tarifa.

Em um prazo estimado de oito semanas Campina Grande vai ser incluída no sistema de  informação ao passageiro do transporte público Google Transit. O recurso auxilia os usuários de ônibus coletivos a obterem melhores itinerários para um determinado trajeto baseado em informações pré-definidas pelos órgãos públicos responsáveis pelo transporte urbano. Campina será a primeira cidade da Paraíba e a quarta do Nordeste a ter o sistema. 

O banco de dados possui informações que incluem linhas, rotas, horários, número de paradas, distância e, em alguns casos, o valor da tarifa. O sistema pode ser acessado a partir do Google Maps, tanto em versões desktop e dispositivos móveis iOS e Android. A adesão acontecerá graças ao sistema baseado em GIS, chamado de SIOM, desenvolvido pela Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STTP) de Campina Grande, em parceria com  a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG),  que atende todos os pré-requisitos da empresa. 
 
No sistema, os passageiros podem visualizar um mapa interativo onde podem selecionar um ponto de parada específico e se verificar qual rota passa por aquele determinado ponto. Hoje no Brasil existem 22 cidades cobertas pelo Google Transit, sendo que 14 delas foram as sedes da Copa e as demais são regiões metropolitanas. No nordeste, o serviço está disponibilizado apenas para Fortaleza, Recife, e Salvador e Campina Grande será a próxima. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.