Vida Urbana

Cesta básica de João Pessoa tem alta de 0,98%, mas é a terceira menor do país, aponta Dieese

Preço de R$ 349,80 é o terceiro menor considerando as 20 cidades pesquisadas.




Cesta básica, supermercado, carrinho (Foto: Rizemberg Felipe)

O custo da cesta básica em João Pessoa foi de R$ 349,80 em junho, com alta de 0,98% em relação a maio, de acordo com levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Com isso, a capital paraibana apresentou o terceiro menor valor para a cesta básica em comparação com as outras 20 cidades pesquisadas, atrás de Salvador (R$ 333,00) e Aracaju (R$ 349,55). Em 12 meses, a variação anual foi de -5,40% e, no primeiro semestre de 2018, de 6,15%.

Entre maio e junho de 2018, houve alta no valor médio de 8 produtos: tomate (10,54%), leite integral (6,13%), café em pó (2,66%), óleo de soja (2,45%), feijão carioquinha (2,01%), pão francês (1,41%), carne bovina de primeira (0,65%) e manteiga (0,24%). Os produtos que tiveram reduções foram a banana (-10,43%), a farinha (-5,03%), o arroz agulhinha (-1,12%) e o açúcar refinado (-0,99%).

Em 12 meses, oito produtos tiveram baixa acumulada: feijão carioquinha (-42,26%), açúcar refinado (-24,24%), banana (-18,06%), arroz agulhinha (-12,35%), farinha (-6,08%), café em pó (-5,08%), óleo de soja (-3,58%) e carne bovina de primeira (-2,42%). Os outros 4 produtos tiveram alta: tomate (14,45%), manteiga (3,24%), leite integral (1,33%) e pão (0,54%).

O trabalhador pessoense cuja remuneração equivale ao salário mínimo precisou cumprir jornada de trabalho, em junho, de 80 horas e 40 minutos, maior do que a de maio, 79 horas e 53 minutos. Em comparação, em junho de 2017 a jornada era de 86 horas e 49 minutos.

Em junho de 2018, o custo da cesta em João Pessoa comprometeu 39,86% do salário mínimo líquido (após os descontos previdenciários). Em maio, o percentual exigido era de 39,47% e, em junho de 2017, de 42,90%.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.