Vida Urbana

Cem veículos de transporte escolar deixam de fazer vistoria em João Pessoa

Segundo a Semob-JP, 77% da frota de escolares está regularizada.





Cem veículos de transporte escolar cadastrados na Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) não passaram pela vistoria obrigatória do órgão. O calendário de inspeções foi encerrado na quinta-feira (31), com 335 carros revisados, quando deveriam ser 435. Os permissionários que perderam o prazo devem procurar a superintendência com urgência, pois já foi iniciada a fiscalização para inibir a circulação de veículos irregulares.

No total, 335 veículos escolares foram vistoriados, o que representa 77% da frota. Foram aprovados 308, que receberam o selo de cor amarela, outros 27 foram reprovados. Estes precisam se adequar aos critérios exigidos e retornar para nova vistoria. Os permissionários retardatários, além da taxa de R$ 70, 36, pagarão uma multa de R$ 26,39 por não comparecerem à inspeção no prazo previsto no calendário de vistoria.

Com o início do ano letivo, a Semob-JP vai realizar fiscalizações no entorno das escolas. O chefe da Seção de Fiscalização de Transporte Público (SEFTP), Sérgio Murilo, informa que realizará blitz com agentes de mobilidade urbana para coibir o serviço de transporte de escolares irregular.

“Quem for flagrado fazendo transporte de escolar sem ter sido aprovado na vistoria, será autuado e vai pagar uma multa de R$ 26,39 na primeira abordagem, caso haja reincidência o carro será recolhido ao pátio da Semob-JP e a multa, desta vez, será de R$ 130,16 – sendo uma infração média. Caso o veículo seja clandestino, será apreendido e pagará uma multa de R$ 703,60 (20 Ufir municipal)”, disse Sérgio Murilo.

A Semob-JP recomenda aos pais que observem se o veículo contratado porta o selo de cor amarela, o que atesta a aprovação na vistoria, garantindo a segurança do transporte. Para obter mais informações os pais podem ligar para o número 3218-9350 e verificar se o veículo está devidamente cadastrado e regularizado.

A população pode ajudar à fiscalização denunciando por meio dos números 0800 281 1518, 3218-9330/9336 ou 3218-9335 da Semob-JP.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.