Vida Urbana

Cagepa inicia bombeamento da água para Campina Grande e região

Sistema da estação de tratamento já está funcionando com força máxima.




Por volta das 5h deste sábado (23) voltou a funcionar com força máxima a estação de tratamento de água que fica na comunidade de Gravatá, em Queimadas, e que pegou fogo no dia 15 de março e deixou Campina Grande e outras oito cidades sem água. Segundo a Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa), no mais tardar na terça-feira (26) o abastecimento vai estar normalizado.

De acordo com o gerente regional da Cagepa em Campina Grande, Ronaldo Meneses, o processo está seguindo o cronograma anunciado na sexta-feira (22) pelo governador João Azevêdo. “O sistema foi restabelecido, mas temos que encher todos os reservatórios da cidade. Isso levará tempo. É a reorganização operacional”, disse ele, afirmando que não tem horário exato da chegada da água nos bairros.

Ronaldo Meneses explica ainda que as tubulações estão quase todas vazias e aos poucos a água vai chegando. Outra preocupação é com a pressão na tubulação, que pode ocasionar vazamentos. Por isso, a Cagepa está intensificando a atenção nas tubulações.

Por causa desse processo, a Cagepa vai seguir pelas próximas 72 horas atendendo com carro-pipa as comunidades mais necessitadas. A expectativa é que os bairros que ficam em locais mais baixos recebam água já neste sábado.

Relembre o caso

No dia 15 de março, numa sexta-feira, a Cagepa informou por meio de nota a subestação elétrica que funciona na estação de tratamento de água de Gravatá, na cidade de Queimadas, teria sofrido uma pane elétrica e, por isso, todo o sistema foi desligado deixando Campina Grande e mais oito cidades sem água. No sábado (16), a companhia informou que o abastecimento retornaria de forma parcial no domingo (17) à noite, o que só aconteceu na segunda-feira (18).

A Cagepa precisou dividir Campina Grande em duas áreas e o abastecimento funcionou em forma de rodízio. Por causa das condições topográficas, muitas ruas e comunidades ficaram sem abastecimento e a companhia teve que contratar carros-pipa para levar água até os moradores.

Enquanto isso na subestação elétrica, a Cagepa precisou fazer toda a reconstrução do local como também pegou emprestado transformadores de energia elétrica. Na pane elétrica, os quatro existentes queimaram. Mais de 50 funcionários trabalharam em todos os turnos para acelerar o processo.

Primeiramente, a companhia anunciou que o retorno do abastecimento 100% seria na sexta-feira (22), depois passou para domingo (24) e, agora, tudo só deve ser regularizado na terça-feira pela madrugada.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.