Vida Urbana

Blitz alerta sobre infrações

Portadores de necessidades especiais estiveram na mobilização, cujo objetivo era alertar sobre a importância do respeito às vagas para deficientes.



Nicolau de Castro
Nicolau de Castro
Em toda a cidade, são 39 vagas para carros específica dos deficientes

Deficientes físicos chamaram a atenção de motoristas ontem pela manhã, durante a realização de uma blitz educativa no Centro de Campina Grande. Os portadores de deficiências informaram que se sentem prejudicados com a falta de educação de muitos condutores que se acham no direito de estacionar em vagas específicas nas ruas centrais da cidade. Segundo a Superintendência de Trânsito e Transportes Púbicos (STTP), somente este ano foram aplicadas 131 multas de pessoas que estacionaram incorretamente em vagas para deficiente. O valor da multa é de R$ 53,20.

Em toda a cidade, são 39 vagas para carros específica dos deficientes, 16 no Centro. Para o coordenador estadual da Fraternidade Cristã de Pessoas com Deficiência, Severino do Ramo, o número de vagas ainda é insuficiente, mas a principal preocupação da coordenação é com a falta de educação dos motoristas. “Nós pedimos que eles se conscientizem. É muito difícil para nós nos locomovermos sem ter uma estrutura adequada”, lamentou.

Conforme o superintendente da STTP, Salomão Augusto, apesar de Campina Grande possuir um número de vagas especiais acima da média, existe a possibilidade de ampliação desse número. Ele explicou que mais 600 vagas serão criadas na Zona Azul, sendo que 5% serão destinadas para deficientes e 3% para idosos. “Esperamos que essa ampliação aconteça até dezembro deste ano”, disse.

Conforme explicou, já foram 131 multas para motoristas que estacionaram em vagas para deficientes e mais 270 de condutores que estacionaram em vagas destinadas a idosos, só este ano.

Segundo o comandante da Companhia de Trânsito (CPTran) da região, tenente coronel Eduardo Jorge, a Companhia deverá realizar ações também dentro dos estabelecimentos privados que possuem vagas para veículos. “Essas empresas enviarão uma solicitação para a STTP, que sinalizará vagas específicas para deficiente. Nossas viaturas vão até esses locais e se forem encontrados veículos estacionados de forma irregular, estes serão multados”, explicou.
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.