Vida Urbana

Biometria facial para estudantes que usam ônibus em JP encerra com 95% cadastrados

Estudantes que não atualizaram o cadastro para biometria facial, terão seus cartões bloqueados para nova recarga.




(Crédito: Rizemberg Felipe)

O trabalho de cadastramento de estudantes para o novo sistema de biometria facial foi encerrado nesta terça-feira com 95% do público alvo cadastrado, de acordo com dados do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivos Urbanos de João Pessoa (Sintur-JP). O novo sistema será implantado nos ônibus de João Pessoa.
Conforme o sindicato, cerca de 60 mil estudantes utilizam os transportes públicos na capital e pouco mais de 57 mil foram cadastrados. O novo sistema passa a valer a partir do ano que vem. Os estudantes que não atualizaram o cadastro para biometria facial, terão seus cartões bloqueados para fazerem nova recarga a partir desta quarta (21).
“É importante deixar claro que nenhum cartão será cancelado. O estudante que não atualizou o cadastro vai poder continuar pegando ônibus normalmente enquanto houver créditos no seu Passe Estudantil. O que vai acontecer é um bloqueio para novas recargas, que será possível após a realização da atualização cadastral”, explica o diretor institucional do Sintur, Isaac Junior Moreira.
Os estudantes que não fizeram o cadastro ainda poderão fazer nos cinco postos de atendimento que ficam na sede do sindicato das 7h30 às 17h (segunda a sexta) e das 8h às 12h (sábado), no Terminal de Integração do Varadouro das 8h às 17h (segunda a sexta) e das 8h às 12h (sábado), na UFPB das 9h às 17h (segunda a sexta) no sábado não funciona, no Mercado Público de Mangabeira das 8h às 17h (segunda a sexta) no sábado não funciona e no Shopping Sul das 10h às 19h (segunda a sexta) e das 10h às 18h (sábado). O cadastramento é necessário para que os estudantes possam fazer novas recargas nos cartões “Passe Legal”.
Cadastramento de outros usuários
Além dos estudantes, outros usuários que são beneficiados com descontos na passagem, entre eles, idosos, pessoas com deficiência, carteiros em serviço, oficiais de justiça, policiais militares (em serviço), policiais civis e portadores de HIV deverão atualizar o cadastro para o novo sistema de biometria facial. O calendário para a atualização de todos esses usuários ainda não foi divulgado. Os usuários do transporte público que não são beneficiados com descontos não precisarão fazer cadastro.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.