Vida Urbana

Aprovada Lei que obriga hospitais a notificar embriaguez em acidentes de trânsito 

Conforme o projeto, o objetivo é mapear locais e horários em que haja maior incidência de consumo de bebidas alcoólicas ao volante.




A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, na manhã desta quarta-feira (27), por unanimidade, um projeto de Lei que obriga unidades hospitalares públicas e privadas, a notificar casos de atendimentos à vítimas de acidentes de trânsito causados por embriaguez, na Paraíba.

O projeto de Lei 788/2019 é de autoria do deputado estadual Lindolfo Pires (Pode), e faz parte do programa de redução do índice de acidentes de trânsito na Paraíba. O objetivo é indicar, através de notificações feitas por profissionais das unidades de saúde, os horários e locais onde há maior incidência de acidentes causados por ingestão de bebidas alcoólicas para que, assim, o efetivo policial seja reforçado.

De acordo com o deputado Lindolfo Pires, autor do projeto, a matéria é educativa e pode auxiliar na redução de acidentes de trânsito na Paraíba. “Tenho certeza que essa estatística irá auxiliar a Secretaria de Segurança e a Secretaria de Saúde no entendimento. Estamos oficializando algo que já é feito de forma voluntária, que se faça de forma efetiva com o interesse educativo e não punitivo”, observou o deputado.

Ainda conforme o projeto, o registro deve ser feito em um prazo de 72 horas, sendo de responsabilidade administrativa, civil e criminal a fiscalização dos hospitais e o repasse das notificações ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran – PB), responsável pela Operação Lei Seca.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.