Vida Urbana

Após remoção de barracas incendiadas, MP libera Parque do Povo para shows

Promotor Osvaldo Lopes, gestor da Área de Segurança Integrada pelo MPPB, visita área e diz que festa pode continuar; Gusttavo Lima, Ranniery Gomes, Forró D2 e João Lima se apresentam neste domingo.




Promotor Osvaldo Lopes visita área onde incêndio ocorreu e revela segurança para a continuidade do São João no Parque do Povo

O promotor de Justiça Osvaldo Lopes Barbosa, gestor pelo MPPB da 10ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), disse no final da manhã deste domingo (1º), que o Parque do Povo está liberado para funcionar normalmente, inclusive com a realização de shows. A comandante regional do Corpo de Bombeiros em Campina Grande, tenente-coronel Jousilene Sales, também comunicou à Prefeitura de Campina Grande que o Parque do Povo está liberado para a festa até o dia 8 de julho.

Osvaldo visitou o local, na parte inferior do Quartel General do Maior São João do Mundo, onde foram destruídas 24 barracas e seis quiosques pelo incêndio, ocorrido nesse sábado (30), à noite. Três barracas foram atingidas parcialmente pelas chamas, segundo levantamento da Associação dos Barraqueiros do Parque do Povo.

Segundo o promotor, os danos foram materiais e a seguradora contratada pela empresa Aliança, responsável pela organização do evento, vai indenizar os barraqueiros. “O Parque do Povo está seguro e a festa pode continuar normalmente”, explicou Osvaldo Lopes.

Todas as barracas e quiosques atingidos pelo fogo foram removidos. Pela manhã, servidores lavaram toda a área.

Indenização

Barraqueiro mostra extintor usado para apagar incêndio em quiosque no Parque do Povo

O presidente da Associação dos Barraqueiros do Parque do Povo, Lucinei Cavalcanti, cobrou da empresa Aliança e da Prefeitura de Campina Grande a indenização financeira dos comerciantes diante do prejuízo que tiveram por causa do incêndio.

Segundo ele, no contrato assinado, havia uma cláusula em que a Aliança se isentava de problemas com as barracas, mas ele lembrou que existe um contrato entre a empresa e a seguradora. A prefeitura, por sua vez, garante que todos vão ser indenizados.

Quando começou o incêndio

De acordo com a comandante regional do Corpo de Bombeiros em Campina Grande, tenente-coronel Jousilene Sales, o fogo começou durante uma troca de um botijão de gás e o entregador da empresa reconheceu que houve falha técnica no botijão. Segundo ele, havia uma chapa fria na barraca, mas não soube informar de onde partiu a faísca que iniciou o incêndio. O incêndio começou no sábado por volta das 19h20.

Ela explicou que antes do evento o Corpo de Bombeiros fez uma perícia em toda a área do Parque do Povo e todas barracas tinham extintores. O prazo para o resultado do laudo sobre o incêndio é de até 30 dias, mas a festa está liberada.

Shows deste domingo

Para este domingo, estão confirmados os shows de Gusttavo Lima, Ranniery Gomes, Forró D2 e João Lima, a partir das 20 horas, no palco principal do Parque do Povo.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.