Vida Urbana

Anestesistas retornam após 24 horas parados

Após confirmação que contratos serão formalizados, médicos retornam ao trabalho. Dez pacientes ainda esperam por cirurgia.




Os 34 anestesistas que haviam paralisado as atividades na última quarta-feira no Hospital de Trauma de Campina Grande retornaram ao trabalho após 24 horas de interrupção dos serviços. No total, 25 cirurgias deixaram de ser realizadas na unidade, prejudicando a população.

Os médicos decidiram retomar os trabalhos após a confirmação por parte da Secretaria Estadual de Saúde da data do pregão, que será realizado no dia 14 de fevereiro, possibilitando a formalização dos contratos, que haviam sido vencidos no mês de setembro, motivando o desligamento temporário dos profissionais.

A direção do Hospital de Trauma confirmou que cerca de 10 pessoas estão na lista de espera por uma cirurgia na unidade. A agricultora Luzia Maria Batista, 45 anos, aguarda pela realização de cirurgia no braço direito desde o dia 20 de janeiro.

“Sofri uma fratura no braço direito devido a uma queda, estou internada aguardando a definição de quando vou ser operada”, contou.

O diretor-geral Geraldo Medeiros disse que com a volta dos anestesistas a situação será normalizada. “Com a realização do pregão, o problema será solucionado, pois teremos condições de assinar os contratos”, destacou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.