Vida Urbana

Ainda não há previsão para normalizar abastecimento em Campina Grande e mais oito cidades

Pane elétrica atingiu estação de tratamento e parte do maquinário queimou.




Divulgação

Ainda não há previsão exata de quando vai ser normalizado o abastecimento de água em  Campina Grande e mais oito cidades, segundo a Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa). O problema começou após uma pane elétrica na Estação de Tratamento de Água (ETA) que fica na comunidade de Gravatá, localizada na cidade de Queimadas, no Agreste da Paraíba, na noite da sexta-feira (15).

De acordo com a Cagepa, quatro transformadores de energia elétrica que são usados na estação e parte do maquinário queimaram. Além de Campina Grande, estão sem abastecimento as cidades de Queimadas, Barra de Santana, Caturité, Lagoa Seca, São Sebastião de Lagoa de Roça, Matinhas, Alagoa Nova e Pocinhos.
Conforme informações do gerente da Cagepa em Campina Grande, Ronaldo Meneses, um transformador já foi levado para a estação e até a noite do domingo (17) deve estar funcionando, viabilizando assim o retorno de 30% do abastecimento. Ainda não há confirmação de quais locais serão beneficiados primeiro.
Outros transformadores já foram requisitados e estão vindo de Pernambuco. Como não há previsão de chegada, a Cagepa informou que o retorno de 100% do abastecimento nas nove cidades não pode ser confirmado.
Sobre o motivo da pane elétrica, a companhia diz que vai aguardar o laudo do Corpo de Bombeiros. A possibilidade de um ataque criminoso não foi descartada. Outras informações sobre os serviços prestados pela Cagepa podem ser obtidas através do telefone 115.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.