Vida Urbana

Agentes de limpeza urbana de Patos, no Sertão da Paraíba, paralisam as atividades

Funcionários estão há um mês e oito dias sem receber salários, de acordo com presidente do SINDILIMP.




As atividades dos agentes de limpeza urbana do município de Patos, no Sertão da Paraíba, estão paralisadas desde o último sábado (11). De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Limpeza Urbana da Paraíba (SINDILIMP), os funcionários estão há um mês e oito dias sem receber salário, e a empresa que presta serviços à prefeitura de Patos, a Conserv, disse aos funcionários que não há previsão de pagamento, já que a prefeitura não realizou o repasse das verbas.

Uma nota divulgada pela prefeitura de Patos informou que nesta segunda-feira (13) foi realizada uma ação concentrada de coleta de lixo no município. Três caçambas, um caminhão e um trator do tipo enchedeira foram disponibilizados, segundo o secretário Juraci Dantas.

O Secretário de Finanças de Patos, Arnon Medeiros, informou que a paralisação da coleta de lixo aconteceu após a Prefeitura do município atender o uma determinação do Tribunal de Contas do Estado.

“Após uma fiscalização realizada pelo TCE, foi identificado um superfaturamento no valor pago pela Prefeitura no quesito varrição. Foi determinado ao prefeito que adequasse esse valor, e ao atender a essa determinação, a empresa alegou que o valor apresentado na determinação do Tribunal, é incompatível com a realidade da folha e disse ter acionado a justiça para que volte o valor que estava sendo pago anteriormente”, disse Arnon.

Ainda conforme a prefeitura, Ivanes Lacerda, prefeito interino de Patos, deve se reunir com representantes da empresa responsável pela coleta, para tentar um acordo ou determinar a contratação de uma nova empresa prestadora de serviços.

O JORNAL DA PARAÍBA entrou em contato com a Conserv, empresa que presta serviços à prefeitura de Patos, através do telefone disponível no site, mas as ligações não foram atendidas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.