Vida Urbana

Adolescente de 14 anos é apreendida suspeita de latrocínio em CG

Crime aconteceu em um transporte coletivo entre Galante e Campina Grande. Vítima levou um tiro na nuca.




Uma adolescente de 14 anos foi apreendida apontada como uma das pessoas envolvidas em um latrocínio ocorrido no dia 11 de junho em Campina Grande, dentro de um transporte coletivo que fazia a linha Galante-Campina Grande. De acordo com o delegado Cristiano Santana, titular da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) de Campina Grande, “quatro pessoas estão envolvidas diretamente no crime, sendo três adolescentes e um maior de idade”. Até o momento o maior de idade foi identificado apenas pelo apelido de ‘Pituca’.

“Quando aconteceu o latrocínio, iniciamos as investigações e levantamos que a adolescente apreendida e mais duas meninas de 13 e 15 anos estavam acompanhadas desse homem e abordaram um ônibus em Campina Grande para realizar um assalto. Entraram no transporte coletivo e roubaram os passageiros e ainda o cobrador”, explicou o delegado Santana.

Ainda conforme o delegado, durante a ação criminosa o maior de idade “ameaçava a todo instante o motorista com uma arma de fogo”. Ao fim do assalto, os passageiros começaram a gritar e ‘Pituca’ efetuou um disparo, que atingiu um dos passageiros na nuca. A vítima foi socorrida e morreu na quarta-feira (15) no hospital.

A adolescente de 14 anos foi encontrada em João Pessoa e vai responder por um ato infracional semelhante ao latrocínio. Em relação aos outros envolvidos no crime, as investigações continuam. “Estamos trabalhando para identificar o autor do disparo e ainda apreender as outras duas adolescentes.”, afirmou o delegado Cristiano Santana.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.