Vida Urbana

A partir de maio, ligações nas regiões metropolitanas serão integradas

A partir de maio, as ligações telefônicas realizadas nas regiões metropolitanas de João Pessoa e Campina Grande deixaram de ser interurbanas.




Inaê Teles
Com Agência Brasil e G1

A partir de maio, as ligações telefônicas realizadas nas regiões metropolitanas (RM) de João Pessoa e Campina Grande deixarão de ser interurbanas. Isto porque a portaria que amplia o conceito de áreas metropolitanas e de Regiões Integradas de Desenvolvimento (Ride) foi publicada nesta quinta-feira (27) no Diário Oficial da União. As operadoras terão 120 dias para se adequar ao novo regulamento de telefonia fixa em áreas locais.

A nova configuração permitirá a realização de chamadas telefônicas a custo de ligação local entre todos os municípios de uma mesma região metropolitana ou de região integrada de desenvolvimento que contenham continuidade geográfica e o mesmo código nacional de área (DDD).

Após esse prazo, moradores de 39 regiões metropolitanas e três regiões economicamente integradas deixarão de pagar tarifas de ligações interurbanas para se comunicar com municípios vizinhos de mesmo DDD. A medida beneficiará direta ou indiretamente até 68 milhões de pessoas em cerca de 560 municípios.

Na Paraíba as regiões que serão contempladas pela decisão são:

RM Campina Grande (PB):
Alagoa Nova, Areial, Aroeiras, Barra de Santana, Boa Vista, Boqueirão, Campina Grande, Caturité, Esperança, Fagundes, Gado Bravo, Ingá, Itatuba, Lagoa Seca, Massaranduba, Matinhas, Montadas, Pocinhos, Puxinanã, Queimadas, Riachão do Bacamarte, Roça, Serra Redonda

RM João Pessoa (PB):
Alhandra, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Conde, Cruz do Espírito Santo, João Pessoa, Lucena, Mamanguape, Pitimbu, Rio Tinto, Santa Rita

 

Atualizada às 11h


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.