Vida Urbana

12,5% dos adolescentes de 15 a 17 anos de idade não frequentam a escola, na Paraíba

A média de alunos fora das escolas no estado é maior que a média nacional, registrada em 11,8%




Foto: Divulgação/MEC

Cerca de 12,5% dos adolescentes não frequentam a escola na Paraíba, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta quarta-feira (6). O percentual representa cerca de 348 mil pessoas com idades entre 15 e 17 fora das escolas em todo o estado.

A pesquisa do IBGE foi feita em 2018, e ainda indica que o número de adolescentes fora das escola na Paraíba é maior que a média nacional, que representa um total de 1,2 milhão de pessoas, um percentual equivalente a 11,8% dos jovens brasileiros.

No contexto do Nordeste, a Paraíba ocupa o quinto lugar no índice de adolescentes entre 15 e 17 anos sem sem registros de escolaridade regular. O estado de Alagoas ocupa o primeiro lugar do ranking, com 16,8%, seguido de Pernambuco, com 15,4%, Maranhão, com 14,3%, e Ceará, com 12,6%.

Um importante mecanismo contra a redução do abandono escolar é a regularização do fluxo escolar, já que estudos do IBGE também indicam que atraso escolar é uma das questões que provocam a evasão dos adolescentes das salas de aula. 

O atraso escolar por ensino de jovens com idades entre 15 e 17 anos de idade era 4 vezes maior para quem possuía uma renda menor em comparação com os que concentravam maior rendimentos, em 2018, conforme a pesquisa, que também relacionou os dados acerca dos níveis de escolaridade com o rendimento da população brasileira. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.