São João Paraíba


Projeto quer tornar Quadrilhas Juninas de JP patrimônio cultural imaterial

Proposta do tucano Luís Flávio quer valorizar a tradição cultural do festejo junino. 




Apesar de ter ser uma dança de origem francesa, foram nas diversas regiões do Brasil que as Quadrilhas Juninas adquiriram o caráter de cultura popular. Na região nordeste, principalmente, a dança vem acompanhada com vários outros símbolos característicos da festa junina, balões, como fogos de artifício e culinária a base de milho. Para valorizar essa tradição, tramita na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) um projeto de lei que declara as Quadrilhas Juninas patrimônio imaterial de João Pessoa.

“Nós entendemos a importância desse projeto para que possamos preservar essa tradição que está enraizada na cultura de nosso povo. Esperamos que depois de avaliado nas comissões e no Plenário ver esse projeto sendo colocado em prática em João Pessoa”, ressaltou o autor, vereador Luís Flávio (PSDB).

“Cada um dos concursos oficiais de quadrilha na cidade de João Pessoa recebe centenas de grupos de dançarinos e, além disso, as inúmeras comemorações extraoficiais espelhadas pelas ruas da cidade possuem quadrilha junina”, justificou o parlamentar.

XXI Concurso de Quadrilhas Juninas

Há mais de 20 anos, a capital tem como tradição a disputa de Quadrilhas Juninas de João Pessoa e Região Metropolitana, realizada pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) em parceria com a Liga das Quadrilhas Juninas da capital. Na competição, que tem premiação em dinheiro, são avaliados itens como: coreografia, figurinos, repertório musical, conjunto do trabalho e casamento.

Neste ano, o Concurso acontece entre os dias 13 a 15 de junho, a partir das 19h, levando a apresentação de 31 quadrilhas juninas para o Ponto de Cem Réis, localizado no Centro da cidade. Divididas nos Grupos A e B, as quadrilhas este ano receberam investimento de mais de R$ 350 mil da Funjope, pelo Fundo Municipal da Cultura (FMC), para a produção das coreografias dos grupos.

Segundo Edson Pessoa, presidente da Liga das Quadrilhas Juninas de João Pessoa e organizador do evento há 12 anos, o concurso mobiliza cerca de 15 mil pessoas trabalhando, entre costureiras que fazem o figurino, coreógrafos e dançarinos, todos voltados para a apresentação que pretende reunir mais de 30 mil pessoas no Ponto de Cem Réis.

Transmissão ao vivo

Assim como aconteceu no Carnaval da Capital, durante o 21º Concurso de Quadrilhas Juninas de João Pessoa e Região Metropolitana, a TV Câmara JP realiza a transmissão das apresentações das quadrilhas participantes em TV aberta, pelo canal 52 e pela Net, canal 23, numa parceria entre a TV Câmara e a TV Cidade.

 

Para o presidente da Câmara de João Pessoa, vereador Marcos Vinícius (PSDB), a transmissão do concurso é uma forma de valorizar a cultura popular pessoense e as tradições juninas. “A cultura autêntica, de raiz, é o nosso maior bem e é importante que a gente ajude a preservar, e também divulgar, tradições como o carnaval e os festejos juninos. A TV Câmara cumpre bem esse papel de fomentar a cultura”, avalia Marcos Vinícius.
 
Edson Pessoa considerou a iniciativa da Câmara muito importante para o fomento da cultura na Capital. “É o poder público valorizando a tradição popular, mostrando ao povo o que passa na cidade”, destacou o organizador do concurso.