São João Paraíba


Romero rebate Elba: 'em Campina não há espaço para gueto cultural'

Cantora criticou a invasão da música sertaneja na programação do São João 




O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), rebateu nesta segunda-feira (5) as  críticas feitas pela cantora Elba Ramalho à grade artística do Maior São João do Mundo deste ano. A artista fez ressalvas à imprensa pernambucana ao fato da programação do palco principal ter atrações sertanejas em excesso, enquanto que em festas tradicionais como a do peão de Barretos (SP) não existe espaço para o forró. “Respeito a posição de Elba, um ícone de nossa cultura nordestina, e até compreendo seu engajamento cultural, mas creio que ela foi mal informada sobre a festa deste ano”, ponderou. O tucano disse, ainda, que em Campina Grande não há espaço para “gueto cultural”.

Romero Rodrigues disse que será importante que Elba Ramalho possa fazer uma imersão no São João de Campina Grande deste ano e testemunhe as múltiplas manifestações culturais presentes à festa, que vão além de uma grade artística do palco principal. Ela canta no dia 23, no palco principal, por onde já passaram Os Três do Nordeste, Biliu de Campina, Flávio José e está reservado para outras atrações genuinamente nordestinas. 

“Nosso São João cultural não pode ser medido apenas pela grade artística do palco principal do Parque do Povo. Campina mantém projetos importantes como o Sítio São João, a Locomotiva Forrozeira, o Memorial do Maior São João do Mundo, as quadrilhas juninas, o forró pé-de-serra, os eventos tradicionais (como o pau de sebo e a Corrida da Fogueira), as comidas típicas e inúmeras outras manifestações que têm por base nossas raízes culturais mais autênticas”, destacou o prefeito. 

>>> Depois de Alcymar Monteiro, Elba critica “sertanejos” no ‘Maior São João do Mundo’

Romero alerta que, ao contrário do que foi informado à Elba, Biliu de Campina não apenas participou da abertura oficial do Maior São João do Mundo, como integra a programação artística em outra data no palco principal e na Locomotiva Forrozeira, que sai de Campina Grande para o Distrito de Galante. Além do mais, todos os trios de forró da cidade foram contratados, por expressa recomendação da Prefeitura, como também foi garantido apoio para as tradicionais quadrilhas juninas.

Em sua página no Facebook, a cantora Elba Ramalho voltou a defender nesta segunda-feira que “festa junina tem que ter FORRÓ!”, um dia após ter participado da abertura do São João de Caruaru, em Pernambuco, principal concorrente de Campina Grande como melhor organizador de festa junina. 

Provocação 

O prefeito de Campina também faz um convite à Elba para que prestigie o evento de inauguração do novo Hospital da Criança e do Adolescente. Os recursos da obra são provenientes da economia que o Maior São João deste ano está viabilizando com o novo modelo de gestão, no qual a Prefeitura arca com menos de um terço de dinheiro público no evento. “É uma causa nobre, resultado de um modelo inovador e que quebra paradigmas. Não tenho dúvidas de que Elba aplaude e abraça essa iniciativa”, conclui Romero Rodrigues.