Política

Vereador quer recompensa para quem denunciar criminoso

Aém deste requerimento, mais cinquenta e seis foram recebidos, nesta terça, para apreciação da Câmara.




Da Redação
Com assessoria da CMJP

O vereador Mangueira (PMDB) apresentou, em sessão ordinária da Câmara Municipal de João Pessoa nesta terça-feira (23), um requerimento solicitando ao governo estadual para que crie um programa de “recompensa para quem denunciar os criminosos, assim como acontece nos Estados Unidos e no Canadá”.  Além desse requerimento o vereador Mangueira encaminhou mais 19 solicitações.

Dos 20 requerimentos do vereador Mangueira oito foram para que a prefeitura da Capital realize estudos topográficos nas áreas de “encostas e declives acentuados para construir muros de arrimo e escadarias, visando a acessibilidade dos moradores”. 

Esses muros de arrimos e escadarias seriam nos Bairros do Rangel, Cristo Redentor, Mandacaru, Timbó, Róger, Cruz das Armas, Padre Zé e Castelo Branco.

Na mesma sessão, o vereador Benílton Lucena (PT), primeiro-secretário da mesa, solicitou uma sessão especial para discutir questões da educação do estado da Paraíba. Já a vereadora Eliza Virgínia (PPS) requereu uma audiência pública, no próximo dia 14 de abril, às 15h, para discutir a educação integral nas escolas municipais da Capital. 

E o parlamentar Tavinho Santos (PTB) solicitou uma sessão solene, ainda a ser agendada, para entregar a ‘Comenda Ariano Suassuna’ à Banda Clã Brasil. O vereador justifica a homenagem enfatizando que “a banda é um orgulho para o estado e inclusive já participou de programa de televisão nacional, o ‘Domingão do Faustão’, além de fazer shows na Europa”. 

Ainda encaminharam requerimentos na mesma sessão os seguintes vereadores: Felipe Leitão (PRP), nove; Geraldo Amorim (PDT), oito; Sérgio da Sac, sete; Ubiratan Pereira, o Bira (PSB), seis; e Nélson Lira (PT), três. Ao todo a mesa diretora recebeu um total de 57 novos requerimentos para apreciação da Casa.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.