Política

Sobrinhos abrem mão da reeleição em nome dos tios

Prefeito Lúcio Flávio (PSDB) desistiu de concorrer à reeleição para apoiar o tio, que já governou a cidade por dois mandatos.




No município de São Sebastião de Lagoa de Roça, no Brejo, o prefeito Lúcio Flávio Bezerra (PSDB) desistiu de concorrer à reeleição em outubro próximo para apoiar o seu tio, Ramalho Alves Bezerra (PSDB), que já governou a cidade por dois mandatos.

Ramalho foi quem lançou o sobrinho há quatro anos com o compromisso celebrado entre os membros da família Bezerra de retornar este ano ao Poder Executivo.

Em Montadas, também no Brejo, o atual prefeito Lindembergue Souza Silva (DEM) abriu mão da disputa por mais um mandato também para o tio José Arimatéia Souza, que tenta retornar ao comando do Executivo. O grupo Souza Veríssimo, como é mais conhecido, se reveza no Poder, em Montadas, há 40 anos.

SOBRINHA
Ainda no Brejo, há um caso em que o prefeito vai apoiar a sobrinha. Trata-se de Adelson Benjamin (PSDB), que está no segundo mandato. Ele lançou a secretária de Saúde, Camila Benjamin, para sucedê-lo.

Caso idêntico ocorrerá no Cariri. O prefeito Vogel de Oliveira Santos (PTB), que foi reeleito em 2008, vai lançar nas eleições de 7 de outubro o sobrinho Rafael Oliveira (PTB).

Em Barra de Santana, o prefeito Manoel Andrade (PR) decidiu apoiar a sobrinha Ana Ludgério (PSB). Ela é filha do deputado estadual Manoel Ludgério (PSD) e da vereadora campinente Ivonete Ludgério (PSB).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.