Política

Romero é diplomado e descarta ‘revanchismo’

Cerimônia de diplomação aconteceu no Centro de Convenções Raymundo Asfora; além de Romero foi diplomado o vice-prefeito e os vereadores eleitos.




O prefeito eleito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), pregou ontem uma trégua entre os grupos políticos locais e a celebração de um pacto social pelo desenvolvimento econômico e social da cidade, durante solenidade de diplomação, no Centro de Convenções Raymundo Asfora, no Garden Hotel.

“A campanha acabou, os palanques foram desarmados e a hora agora é de executarmos um pacto social pelo desenvolvimento e pelo progresso de nossa cidade. A nossa administração, que será iniciada no ano de 2013, será voltada para o futuro”, proclamou.

Romero acrescentou que, na sua gestão, “não haverá revanchismos nem perseguições, mas a execução de todas as medidas necessárias para que a máquina administrativa não seja prejudicada e atenda com mais eficácia as demandas da sociedade”, declarou.

No pronunciamento, ele fez um balanço de sua trajetória política como vereador, deputado estadual e federal até ser eleito prefeito, enfatizando as lições de vida dos pais, de fé, perseverança, honestidade, humildade e trabalho. No discurso, dedicou a vitória ao saudoso ex-governador Ronaldo Cunha Lima, agradeceu o apoio incondicional do senador Cássio Cunha Lima, do vice-governador Rômulo Gouveia, do companheiro de chapa Ronaldo Cunha Lima Filho, vereadores e lideranças que o apoiaram no segundo turno e renovou o compromisso com a cidade. “Este diploma que acabamos de receber da Justiça Eleitoral é um certificado de compromisso com o povo de Campina Grande.

Devemos respeitá-lo e dignificá-lo, honrando a cada voto. Antes de ser apenas um adorno em nossas paredes, é sobretudo a lembrança desse compromisso e da nossa missão: servir a esta população que nos elegeu. Avante, Campina Grande! A hora agora é de trabalho, muito trabalho”, disse Romero.

Além de Romero e o vice Ronaldo Filho, foram diplomados os 23 vereadores eleitos e suplentes. A solenidade foi presidida pelo juiz da 16ª Zona, Manuel Maria Mendes, e contou com as presenças na mesa dos trabalhos do presidente do TRE, desembargador Marcos Cavalcanti, de Rômulo Gouveia, senadores Cássio e Cícero Lucena (PSDB), bem como do presidente da Câmara, Nelson Gomes Filho (PRP), entre outras autoridades.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.