Política

Romero dá aval para primo comandar MDB de Campina Grande

Chegada do vereador Márcio Melo ao partido vai provocar saída de Veneziano da legenda.




Após conversa com José Maranhão, prefeito Romero Rodrigues apoia ida do primo ao MDB

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), deu aval, nesta sexta-feira (19), para o vice-presidente da Câmara Municipal, Márcio Melo Rodrigues (PSDB), comandar o MDB no município. O vereador, que é primo de Romero, disse que foi convidado pelo senador José Maranhão, presidente estadual do MDB, para reorganizar a legenda na cidade cuja a Comissão Executiva “caducou” em setembro de 2017.

“O senador José Maranhão fez o convite para que a gente venha assumir o comando do MDB, em Campina Grande. O assessor de Maranhão, Diego Amarante (secretário da Juventude do MDB), esteve comigo três vezes, em uma semana em Campina. Conversa comigo diariamente para que a gente resolva esta questão e eu entre de uma vez por todas no MDB”, revelou Márcio.

Antes de bater o martelo, Márcio Melo vai conversar com o primo prefeito campinense. “Tudo que eu venha a fazer na política, qualquer decisão que eu venha tomar, eu passo por Romero, ele é meu guru. Se ele aconselhar a filiação, eu assumo o MDB”, frisou o vereador.

Avalista

Ao ser indagado sobre as declarações de Márcio Melo, o prefeito Rodrigues Rodrigues, que se reuniu recentemente com José Maranhão, disse que apoia a decisão do vereador. “ Eu apoio integralmente a decisão de Márcio, Ele tem toda a nossa solidariedade. Quero manter também uma boa relação com o vereador Olímpio Oliveira, do MDB, e com a médica Tatiana Medeiros”, revelou Romero, que é pré-candidato a governador, a exemplo de José Maranhão.

Veneziano sai

Enquanto o vereador Márcio Melo sinaliza sua chegada no MDB, o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo afivela as malas para deixar a legenda. Todavia, ele só vai concretizar a desfiliação do MDB e a filiação em outra legenda no mês de março, quando for aberta a janela partidária.

De 7 de março a 7 de abril, parlamentares podem trocar de partido sem correr risco de perderem os mandatos. Veneziano foi convidado pelo pré-candidato a governador, João Azêvedo (PSB), a se filiar ao PSB e concorrer ao Senado Federal.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.